Frutoplex Bula

Frutoplex

  • Frutoplex é um suplemento energético, revitalizante e
    vitamínico para casos de hipovitaminoses, convalescenças e
    esgotamentos físicos e mentais;
  • Frutoplex está indicado nos pós operatórios de cirurgias de
    grande porte e nas doenças consuptivas como alternativa de
    fornecimento calórico ao paciente;
  • Pacientes idosos, incapazes de deglutir e obrigados à dietas
    por sondas, se beneficiam com aplicações periódicas de
    Frutoplex.

Como Frutoplex funciona?

Suprir as necessidades aumentadas de vitaminas e como
alternativa de fornecimento calórico ao paciente.

Contraindicação do Frutoplex

Frutoplex está contra-indicado em pacientes que apresentaram
qualquer reação às substâncias que compõem sua fórmula. Por ser de
uso endovenoso, no caso de hipersensibilidade, pode ocorrer choque
anafilático.

O uso em pacientes predispostos a cálculos renais deverá ser
avaliado.

Como usar o Frutoplex

Frutoplex é usado exclusivamente por via endovenosa, devendo ser
administrada por pessoa habilitada e sempre sob prescrição médica.
A administração deve ser feita de forma lenta e pausada.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários,
as doses e a duração do tratamento.

Posologia

A administração de Frutoplex deve ser feita de acordo com a
necessidade energético-calórica do paciente.

Em geral 1 à 2 ampolas diárias são suficientes para se obter o
resultado esperado.

Em balanços calóricos deve ser computado que a frutose fornece 9
calorias por grama, podendo de acordo com a apresentação fornecer
27 à 54 calorias por ampola.

Em pacientes sob venoclise, Frutoplex pode ser adicionado no
frasco do soro, para administração endovenosa gota à gota.

Precauções do Frutoplex

Gravidez e lactação

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do
tratamento ou após o seu término.

Informar ao médico se está amamentando.

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja
usando, antes do início ou durante o tratamento.

Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico, pode
ser perigoso para a sua saúde.

Pacientes idosos

Não há recomendações especiais desde que obedecidas as
precauções e contra-indicações comuns ao produto.

Uso concomitante com outras substâncias

A vitamina B6 reduz o efeito terapêutico da levadopa isolada.
Nos diabéticos a vitamina C pode modificar a glicemia e falsear a
dosagem de açúcar na urina.

Reações Adversas do Frutoplex

Frutoplex quando administrado corretamente é um produto
seguro e os efeitos colaterais estão relacionados a eventuais
reações de hipersensibilidade aos seus componentes.

Informe ao seu médico quando ocorrer qualquer reação
desagradável com o produto.

Composição do Frutoplex

 Cada ampola 10 mL contém:

Frutose 3,0g  
Ácido ascórbico
(vitamina C)
300mg 1333%*
Riboflavina (vitamina
B2)
1mg 154%*
Cloridrato de piridoxina
(vitamina B6)
2mg 308%*
Nicotinamida 10mg 125%*

(*) Teor percentual do componente na posologia máxima relativo à
Ingestão Diária Recomendada.

Excipientes:

cloreto de benzalcônio, hidróxido de sódio, EDTA e água
destilada.

Cada ampola 20 mL contém:

Frutose 6,0g  
Ácido ascórbico
(vitamina C)
600mg 2667%*
Riboflavina (vitamina
B2)
2mg 308%*
Cloridrato de piridoxina
(vitamina B6)
4mg 615%*
Nicotinamida 20mg 250%*

(*) Teor percentual do componente na posologia máxima relativo à
Ingestão Diária Recomendada.

Excipientes:

cloreto de benzalcônio, hidróxido de sódio, EDTA e água
destilada.

Superdosagem do Frutoplex

Em caso de superdosagem, o tratamento deve ser sintomático.

Interação Medicamentosa do Frutoplex

Em estudos realizados em animais e seres humanos, foi observado
que o uso de nicotinamida pode diminuir os processos de conversão
de primidona em seus metabolitos ativos, como o fenobarbital,
diminuindo o efeito do medicamento.

O uso concomitante de ácido ascórbico com barbitúricos,
primidona ou salicilatos pode aumentar a excreção urinária de
vitamina C.

O ácido ascórbico aumenta a meia vida do acetaminofeno. A
acidificação da urina aumenta a eliminação de efedrina e
pseudoefedrina e o efeito terapêutico destes fármacos pode ser
reduzido. A vitamina C administrada junto com deferoxamina, pode
potencializar os efeitos tóxicos do ferro nos tecidos.

A presença de vitamina B6 pode reduzir os efeitos da levodopa no
tratamento da doença de Parkinson.

A riboflavina reduz a atividade dos seguintes
antibióticos:

Estreptomicina, eritromicina, carbomicina e tetraciclinas.
Nenhuma interação foi relatada com cloranfenicol, penicilina e
neomicina. O ácido bórico aumenta a excreção da riboflavina.

O cloridrato de piridoxina pode reduzir o efeito de alguns
medicamentos como levodopa, pois a mesma aumenta a descarboxilação
periférica do medicamento e interfere no tratamento da doença de
Parkinson. Medicamentos como cicloserina e hidralazina têm seus
efeitos colaterais reduzidos pelo uso da vitamina B6. A penicilina
pode reduzir os níveis plasmáticos da vitamina no organismo.

Interações com substância química

Há possíveis interações da frutose com etanol, de modo que a
mesma atua aumentando a taxa de depuração do álcool.

Interferência em exames laboratoriais

Devido à presença de frutose e ácido ascórbico, pode ocorrer uma
reação falsa para reativos de Benedict e de Fehling.

Ação da Substância Frutoplex

Características Farmacológicas

Riboflavina (vitamina B2):

A riboflavina converte-se em duas enzimas, o mononucleotídeo de
flavina e o dinucleotídeo de adenina e flavina, que são
importantes cofatores no metabolismo intermediário e na respiração
celular. A riboflavina também é requerida para a ativação da
piridoxina e pode estar envolvida na manutenção da integridade dos
eritrócitos.

Nicotinamida (vitamina B3):

A nicotinamida é componente de duas coenzimas, o dinucleotídeo
de adenina e nicotinamida (NAD) e o dinucleotídeo fosfato de
adenina e nicotinamida (NADP), que são essências para os processos
de oxidação e redução na respiração celular, assim como de
glicólise e síntese de gordura.

Cloridrato de piridoxina (vitamina B6):

A piridoxina, convertida no organismo em fosfato de piridoxal,
atua como coenzima de cerca de 60 enzimas, relacionadas, em sua
maioria, com o metabolismo de proteínas e aminoácidos. A coenzima
piridoxal fosfato auxiliar nos processos de transporte das cadeias
de amônia dos tecidos periféricos para o fígado e na excreção da
mesma através do ciclo de ureia. Desempenha importante papel na
síntese de neurotransmissores como a noradrenalina, dopamina,
serotonina, GABA e histamina. Participa de reações de degradação de
aminoácidos, gerando energia para a célula e está envolvida em
processos essenciais como síntese da esfigosina, que por sua vez é
essencial nas membranas celulares da bainha de mielina neuronal. O
fosfato de piridoxal também apresenta importância como coenzima da
lisil-oxidase, enzima que realiza o entrelaçamento das fibrilas de
colágeno.

O fosfato de piridoxal atua como coenzima na primeira etapa da
síntese de esfingosina, substância que ocupa posição chave no
metabolismo dos esfingolipídios, componentes essenciais nas
membranas celulares das bainhas de mielina. Uma vez que os
esfingolipídios têm renovação metabólica muito rápida, a
preservação da integridade estrutural e funcional do sistema
nervoso requer síntese constante de esfingosina, dependente de
vitamina B6.

O fosfato de piridoxal também age como coenzima da
lisil-oxidase, enzima que induz o entrelaçamento das fibrilas de
colágeno, originando tecido conjuntivo elástico e resistente.

Cianocobalamina (vitamina B12):

A cianocobalamina participa do metabolismo lipídico, glicídico e
proteico e da produção de energia pelas células. É necessária às
reações de transmetilação, tais como, a formação da metionina a
partir da homocisteína, da serina a partir da glicina e a síntese
de colina a partir da metionina. Também toma parte na formação de
bases pirimidínicas e no metabolismo de purina, além de estar
envolvida na síntese do desoxirribosídio do ácido nucléico. Além
disso, quando as concentrações de vitamina B12 estão inadequadas, o
folato não consegue se transformar em outras formas intracelulares
necessárias de ácido fólico, causando uma deficiência funcional de
folato. A vitamina B12 é essencial para o crescimento normal, a
hematopoese, a produção de células epiteliais e a manutenção da
bainha de mielina no sistema nervoso. Ela é necessária sempre que
há reprodução celular e, consequentemente, ocorre síntese de ácido
nucléico.

Ácido ascórbico (vitamina C):

É necessário para a formação de colágeno e reparação dos tecidos
e pode estar envolvido em algumas reações de oxirredução. Também
está envolvido no metabolismo da fenilalanina, tirosina, ácido
fólico, norepinefrina, histamina, ferro e alguns sistemas
enzimáticos, na utilização de carboidratos, na síntese de lipídeos,
proteínas e carnitina, na função imune, na hidroxilação da
serotonina e na preservação da integridade dos vasos sanguíneos.
Além disso, o ácido ascórbico aumenta a absorção do ferro não
heme.

Frutose:

Não necessita de insulina para penetrar no meio intracelular e é
captada pelas células do fígado, sendo transformada em
frutose-6-fosfato, podendo seguir a via glicogênica ou
glicolítica.

A frutose é uma fonte de carboidratos, podendo ser usada também
por pacientes diabéticos. Em condições de hipercatabolismo, os
carboidratos apresentam uma ação poupadora de proteína que previne
o catabolismo de proteínas estruturais do organismo.

Cuidados de Armazenamento do Frutoplex

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre
15°C e 30°C). Proteger da luz e umidade.

Atenção:

as ampolas quando abertas devem ser aplicadas imediatamente, não
podendo ser armazenadas nem mesmo em refrigerador.

Prazo de validade – 24 meses após data de fabricação.

Não use medicamentos com o prazo de validade
vencido.

Dizeres Legais do Frutoplex

M.S. 1.0155.0010

Farm. Resp:

Regina H. V. Souza / CRF-SP nº 6394

Marjan Indústria e Comércio Ltda

Rua Gibraltar,165 • Santo Amaro – São Paulo / SP
CEP: 04755-070
TEL: (11) 5642-9888
CNPJ nº 60.726.692/0001-81

Venda sob prescrição médica.

Frutoplex, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Frutoplex Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #6591
    Anônimo
    Convidado

    Frutoplex Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Frutoplex Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top