Frutose 5 Frenesius Kabi Bula

Frutose 5% Frenesius Kabi

É indicado em pacientes com insuficiência de carboidratos e na
administração conjunta aos aminoácidos, com resultante ação
poupadora de proteínas. A frutose pode ser utilizada no tratamento
de pacientes intoxicados com álcool etílico de forma aguda, já que
apresenta capacidade de acelerar o metabolismo do álcool
etílico.

A frutose é indicada como fonte de energia em pacientes com
distúrbios renais, desde que o paciente seja intolerante à glicose
e não à frutose.

A frutose pode ser utilizada, em soluções a 40%, para a
prevenção ou o tratamento de pacientes com edema cerebral.

A frutose pode prolongar o aumento da glicemia sangüínea com
mais eficiência do que a glicose, nos procedimentos da veia
umbilical, em neonatos hipoglicêmicos.

A frutose também pode ser utilizada nas condições como
debilidade, distrofia muscular, vômitos na gravidez. Entretanto, as
vantagens em relação aos outros carboidratos não foram
comprovadas.

A frutose na concentração de 1 g por kg de peso corpóreo é
utilizada como agente de diagnóstico para avaliação da função
hepática.

Como o Frutose 5% – Frenesius Kabi
funciona?


A frutose é absorvida no trato gastrointestinal, com uma
absorção mais lenta que a da glicose. A frutose é rapidamente
removida do sangue e metabolizada, principalmente, no fígado onde é
fosforilada e convertida em glicose. A insulina não é necessária
para o metabolismo da frutose. Após injeção intravenosa, a frutose
é metabolizada mais rapidamente que a dextrose. A frutose produz
uma baixa elevação glicêmica no sangue, com exceção dos pacientes
diabéticos, os quais podem metabolizar a frutose em glicose e,
conseqüentemente, elevar o nível de glicemia sangüíneo.

Contraindicação do Frutose 5% – Frenesius
Kabi

A solução injetável de frutose não deve ser administrada em
pacientes com intolerância hereditária à frutose (pode ser fatal ou
causar retardo do crescimento).

Como usar o Frutose 5% – Frenesius Kabi

Verificar se a solução está límpida, incolor, inodora e isenta
de partículas visíveis; se o frasco está danificado ou com
vazamento da solução, e ainda, se não ultrapassou o prazo de
validade.

Instruções de uso:

Técnica de infusão:

  1. Identifique o sítio de conexão do equipo.
  2. Quebre o lacre do sítio de conexão do equipo.
  3. Feche a pinça reguladora de fluxo do equipo de infusão.
  4. Segure o frasco e introduza totelmente a ponta perfurante do
    equipo, utilizando técnica asséptica.
  5. Instale o frasco em um suporte de soro e proceda conforme a
    rotina adotada pelo serviço.

Técnica de aditivação de medicamentos:

  1. Utilizando técnica asséptica, prepare a seringa contendo o
    medicamento a ser aditivado.
  2. Identifique o sítio de aditivação.
  3. Quebre o lacre do sítio de aditivação.
  4. Segure o frasco, introduza a agulha totalmente.
  5. Aditive o medicamento.
  6. Agite o frasco para misturar o medicamento.

A medicação deve ser administrada exclusivamente pela via
intravenosa, sob o risco de danos de eficácia terapêutica.

Posologia do Frutose 5% – Frenesius
Kabi


A solução de frutose 5% deve ser administrada por via
intravenosa, sendo a dose adaptada de acordo com a necessidade de
cada paciente. A dose depende da idade, peso e quadro clínico do
paciente.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o
tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar
o Frutose 5% – Frenesius Kabi?


Este medicamento é de uso restrito a hospitais.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico, ou cirurgião dentista.

Precauções do Frutose 5% – Frenesius Kabi

A solução de frutose não deve ser utilizada se houver turvação,
depósito ou violação do recipiente. Descarte a porção não
usada.

O ácido láctico é o principal produto do metabolismo da frutose,
usar com cautela em pacientes com doença hepática ou acidose
pré-existente.

A frutose pode aumentar as concentrações séricas de ácido úrico
e não deve ser administrada em pacientes com gota. A infusão rápida
de altas quantidades de frutose pode elevar os níveis séricos de
ácido úrico; usar com cautela em pacientes com Diabetes
mellitus ou diminuição da função renal; usar com cautela,
para prevenir super-hidratação e alterações eletrolíticas.
Hipocalemia pode ocorrer com administração excessiva de soluções de
frutose sem potássio. Monitorar o estado clínico e laboratorial
periodicamente para avaliar o balanço de fluidos, concentrações de
eletrólitos e equilíbrio ácido-base; o uso de frutose como
alternativa à glicose em nutrição parenteral não é recomendado,
exceto em pacientes diabéticos, devido ao risco de acidose láctica
e elevação dos níveis séricos de ácido úrico. Não é útil para
tratar hipoglicemia. Não deve ser administrada em pacientes com
intoxicação aguda de álcool metílico por aumentar a oxidação do
álcool metílico com formaldeído.

A solução de frutose deve ser administrada
lentamente.

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Reações Adversas do Frutose 5% – Frenesius
Kabi

Hiperuricemia pode ocorrer após infusão intravenosa, além de
edema, urticária, acidose láctica, alterações eletrolíticas com
diluição das concentrações de eletrólitos séricos e
super-hidratação, estados de congestão, e edema periférico ou
pulmonar, anormalidades lipídicas e dor abdominal.

Doses altas de frutose podem ocasionar, ainda, diarréia, rubor
facial, dor epigástrica, sudorese e tromboflebites.

Pacientes com intolerância à frutose podem apresentar a síndrome
hipoglicêmica, acarretando em distúrbios renais e hepáticos.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou
farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do
medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de
atendimento.

População Especial do Frutose 5% – Frenesius
Kabi

Gravidez e lactação

Não há recomendações especiais de administração para este grupo
de pacientes.

Este medicamento não deve ser utilizado por Mulheres
Grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Idosos e crianças

Não há recomendações especiais de administração para estes
grupos de pacientes.

Composição do Frutose 5% – Frenesius Kabi

Cada 100 mL contém:

Frutose

5 g (5%)

Água para injetáveis q.s.p

100 mL

Excipientes:

água para injetáveis.

Osmolaridade teórica:

278 mOsmol/L

Apresentação do Frutose 5% – Frenesius
Kabi


Solução injetável – 50 mg/mL

Frasco plástico transparente com 500 mL.

Uso intravenoso.

Uso adulto e pediátrico.

Superdosagem do Frutose 5% – Frenesius Kabi

Nas doses usuais indicadas pelo médico não há relatos de
superdosagem. Em um evento de sobrecarga de fluidos ou solutos
durante a terapia parenteral, reavalie as condições do paciente e
institua o tratamento corretivo apropriado.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você
precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa do Frutose 5% – Frenesius
Kabi

A frutose se decompõe em soluções alcalinas e é incompatível com
fármacos que aumentem o pH acima de 7. O cálcio forma complexos
insolúveis com a frutose em pH 7 ou maior, e é incompatível.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está
fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico.
Pode ser perigoso para a sua saúde.

Ação da Substância Frutose 5% – Frenesius Kabi

Características Farmacológicas


Propriedades farmacodinâmicas e
farmacocinéticas

A Frutose (substância ativa) é absorvida no trato
gastrointestinal, com uma absorção mais lenta que a da glicose. A
Frutose (substância ativa) é rapidamente removida do sangue e
metabolizada, principalmente, no fígado onde é fosforilada e
convertida em glicose.

A insulina não é necessária para o metabolismo da frutose. Após
injeção intravenosa, a frutose é metabolizada mais rapidamente que
a dextrose. A frutose produz uma baixa elevação glicêmica
no sangue, com exceção dos pacientes diabéticos, os quais
podem metabolizar a frutose em glicose e, conseqüentemente, elevar
o nível de glicemia sangüíneo.

Cuidados de Armazenamento do Frutose 5% – Frenesius
Kabi

Conservar em temperatura ambiente (15 ºC – 30º C).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide
embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Após a abertura do recipiente a solução deve ser administrada
imediatamente. O conteúdo não utilizado deve ser
descartado. 

Características do medicamento

A solução de frutose 5% é uma solução límpida, incolor, inodora
e isenta de partículas visíveis. Isento de PVC e Látex.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso
ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no
aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá
utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Frutose 5% – Frenesius
Kabi

M.S. 1.0041.0028

Farmacêutica Responsável:

Cíntia M. P. Garcia
CRF-SP 34871

Fabricado por:

Fresenius Kabi Brasil Ltda.
Aquiraz – CE

Registrado por:

Fresenius Kabi Brasil Ltda.
Av. Marginal Projetada, 1652
Barueri – SP
C.N.P.J. 49.324.221/0001-04
Indústria Brasileira

SAC:

0800 7073855

Uso restrito a hospitais. Venda sob prescrição
médica.

Frutose-5-Frenesius-Kabi, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Frutose 5 Frenesius Kabi Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #6593
    Anônimo
    Convidado

    Frutose 5 Frenesius Kabi Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Frutose 5 Frenesius Kabi Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top