Complexo B Solucao Oral Medquimica Bula

Complexo B Solução Oral Medquímica

Como o Complexo B Solução Oral – Medquímica
funciona?


As vitaminas desempenham funções importantes no organismo
humano, tanto para o crescimento como para a nutrição normal.
Muitas vezes é necessária a ingestão de um complemento vitamínico
balanceado para uma boa nutrição.

Complexo B Medquímica repõe as vitaminas do complexo B,
melhorando o funcionamento do organismo e regulando as
manifestações clínicas já existentes devido a carência destas
vitaminas.

Contraindicação do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com
antecedentes de alergia a quaisquer constituintes da fórmula ou/e
às vitaminas do Complexo B. O Complexo B não está indicado no
tratamento de hipovitaminoses específicas (falta de vitaminas
específicas).

Este medicamento é contra-indicado para uso por
pacientes parkinsonianos (com Parkinson) em uso de levodopa
isolada.

Como usar o Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Tomar 1 colher das de chá (5mL), 4 vezes ao dia ou de
conformidade com a prescrição médica.

Uso adulto e pediátrico. 

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas
sobre este medicamento, procure orientação do
farmacêutico.

Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu
médico ou cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o
Complexo B Solução Oral – Medquímica?


Se você esquecer de tomar uma dose, deve tomá-la assim que se
lembrar. Depois, continue com seu tratamento no próximo dia na dose
e horário habituais.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico ou cirurgião-dentista.

Precauções do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Complexo B Medquímica não é apropriado para o tratamento de
deficiências vitamínicas específicas graves.

Como ocorre com todos os medicamentos, seu uso em pacientes
renais crônicos deve ser avaliado.

Reações alérgicas e reações específicas de cada indivíduo são
possíveis de ocorrer quando se utiliza vitaminas.

Reações Adversas do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Reações alérgicas e específicas de cada indivíduo são possíveis
de ocorrer quando se utiliza vitaminas.

Cloridrato de tiamina (vitamina B1)

Pode causar reação anafilática (reação alérgica grave),
geralmente após dose intravenosa.

Cloridrato de piridoxina (vitamina B6)

Pode causar neuropatia sensorial ou síndromes neuropáticas
(doenças nos nervos), progredindo desde andar vacilante e pés
entorpecidos até adormecimento e desajeitamento das mãos, os quais
são reversíveis.

Esta vitamina também pode inibir a lactação (produção de leite
pelas glândulas mamárias) por supressão da lactina.

Riboflavina (vitamina B2)

Apresenta baixa incidência de efeitos adversos quando compara
com aquela associada a outros tratamentos profiláticos
(preventivos).

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou
farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do
medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de
atendimento.

População Especial do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Idosos

Não há restrições específicas para o uso de Complexo B
Medquímica em pacientes idosos.

Gravidez

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Composição do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Cada colher de chá (5mL) contém:

(*) Teor percentual do componente na posologia máxima indicada
na bula (4 colheres de chá) relativo á Ingestão Díaria Recomendada.
Os cáculos de IDR foram baseados nos seguintes nutrientes,
respectivamente: tiamina, riboflavina. prirdoxina, niacina e ácido
pantotênico.
(**) Sob a forma de fosfato sódico de robaflavina di-hidratada.
(***) Sob a forma de dexpantenol.

Excipientes:

Metilparabeno, ciclamato de sódio, sacarina sódica di-hidratada,
propilparabeno, álcool etílico e água purificada.

Contém 0,5% de álcool.

Apresentação do Complexo B Solução Oral –
Medquímica


Solução oral em embalagem contendo frasco com 100mL.

Uso oral.

Uso adulto e pedíatrico.

Superdosagem do Complexo B Solução Oral – Medquímica

Ainda não foram descritos sintomas de intoxicação.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível. Em caso de intoxicação ligue para 0800
722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Medicamento – Medicamento

Complexo B Medquímica contém vitamina B6 que interage com
levodopa, por isso, seu uso deve ser evitado em pacientes
parkinsonianos (com Parkinson) em tratamento com levodopa pura. A
associação de levodopa com benserazida ou carbidopa (outros
medicamentos utilizados no tratamento do Parkinson) não sofre
interferência desta vitamina, nestes casos ela pode ser
ingerida.

A vitamina B6 pode reduzir os níveis séricos (no sangue) de
fenitoína e fenobarbital; podem reverter os efeitos
antiparkinsonianos da levodopa (o mesmo não ocorre com a associação
carbidopa-levedopa), cloranfenicol, etionamida, hidralazina,
imunossupressores (como adrenocorticoides), azatioprina,
ciclosfosfamida, clorambucil, corticotropina, mercaptopurina),
isoniazida ou penicilamina; podem causar anemia ou neurite
periférica (dormência e formigamento nas mãos e nos pés) por sua
ação antagônica (contrária) à piridoxina; anticoncepcionais orais,
contendo estrogênios, podem aumentar as necessidades de
piridoxina.

Complexo B Medquímica contém vitamina B2 (riboflavina) que
interage com antidepressivos tricíclicos (como amitriptilina) ou
fenotiazínicos (como clotiapina) que podem sua necessidade de
vitamina B2 e, probenecida que diminui sua absorção.

Medicamento – Substância Química

A vitamina B2 que está contida no Complexo B Medquímica também
interage com o álcool que impede sua absorção intestinal.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está
fazendo uso de algum outro medicamento.

Cuidados de Armazenamento do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

Conservar em temperatura ambiente (temperatura entre 15°C e
30°C). Proteger da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide
embalagem.

Prazo de validade: 24 meses a partir da data de
fabricação.

Aspecto físico

Líquido límpido de coloração amarela, com sabor e odor
característicos, isento de material estranho.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso
ele esteja dentro do prazo de validade e você observe alguma
mudança no aspecto, consulte o médico ou o farmacêutico para saber
se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Complexo B Solução Oral –
Medquímica

MS n° 1.0917.0072

Farm. Resp.:

Dr. Jadir Vieira Junior
CRF-MG 10.681

Medquímica Indústria Farmacêutica Ltda.

Rua Fernando Lamarca, 255 – Distrito Industrial
CEP: 36.092-030
Juiz de Fora – MG
CNPJ 17.875.154/0001-20
Indústria Brasileira

SAC

0800 032 4087
sac@lupin.com

Complexo-B-Solucao-Oral-Medquimica, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Complexo B Solucao Oral Medquimica Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #4287
    Anônimo
    Convidado

    Complexo B Solucao Oral Medquimica Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Complexo B Solucao Oral Medquimica Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top