Bremetix Bula

Bremetix

  • Distúrbios da motilidade gastrintestinal;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Náuseas e vômitos de origem central e periférica (cirurgias,
    metabólicas, infecciosas e problemas secundários ao uso de
    medicamentos).

Bromoprida (substância ativa) é utilizado também para facilitar
os procedimentos radiológicos do trato gastrintestinal.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Digesan.

Contraindicação do Bremetix

Bromoprida (substância ativa) não deve ser utilizado nos
seguintes casos:

  • Em pacientes com antecedentes de alergia aos componentes da
    fórmula;
  • Quando a estimulação da motilidade gastrintestinal seja
    perigosa, como por exemplo, na presença de hemorragia, obstrução
    mecânica ou perfuração gastrintestinal;
  • Em pacientes epilépticos ou que estejam recebendo outras drogas
    que possam causar reações extrapiramidais, uma vez que a frequência
    e intensidade destas reações podem ser aumentadas;
  • Em crianças menores de 1 ano de idade, devido ao risco
    aumentado da ocorrência de agitação, irritabilidade e
    convulsões;
  • Em pacientes com feocromocitoma, pois pode desencadear crise
    hipertensiva, devido à provável liberação de catecolaminas do
    tumor. Tal crise hipertensiva pode ser controlada com
    fentolamina.

Este medicamento é contraindicado para crianças menores
de 1 ano.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Digesan.

Como usar o Bremetix

Solução Injetável

Bromoprida (substância ativa) solução injetável via
intravenosa (IV):

A administração intravenosa de Bromoprida (substância ativa)
deve ser feita de forma lenta (superior a 3 minutos) após diluição
com solução fisiológica (cloreto de sódio 0,9% ou glicose 5%) para
evitar reações adversas como agitação, ansiedade, sonolência e
hipotensão.

Bromoprida (substância ativa) solução injetável via
intramuscular (IM):

o conteúdo deve ser injetado profundamente na região deltóide ou
na região glútea. A injeção intramuscular de Bromoprida (substância
ativa), não deve ser administrada ou por períodos prolongados, sem
controle médico.

Solução Oral

Bromoprida (substância ativa) solução oral

Agitar bem o frasco antes de usar. Utilizar o medidor graduado
para administração da quantidade exata.

Bromoprida (substância ativa) gotas
pediátricas

24 gotas correspondem a 1 (um) mL. Oriente o paciente a utilizar
o gotejador ou a colocar em uma colher a quantidade exata prescrita
e então administrar a dose pela via oral.

Cápsulas 

Bromoprida (substância ativa) deve ser ingerido com líquido, por
via oral.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Digesan.

Posologia do Bromoprida


Solução Injetável

Uso em adultos

1 a 2 ampolas (10 a 20 mg) ao dia por via intramuscular ou
intravenosa.

Uso em crianças

0,5 a 1 mg por quilo de peso ao dia, por via intramuscular ou
intravenosa.

A Bromoprida (substância ativa) pode ser associada ao soro
glicosado ou fisiológico e as doses podem ser repetidas ou
alteradas de acordo com o critério médico.

Não há estudos dos efeitos de Bromoprida (substância ativa)
administrado por vias não recomendadas. Portanto, por segurança e
para eficácia deste medicamento, a administração deve ser somente
por via intravenosa ou intramuscular.

Solução Oral

Uso em adultos

10 mL (10 mg) de 12/12 h ou de 8/8 h conforme orientação médica
(dose máxima 60 mg/dia).

Uso em crianças

0,5 mg (0,5 mL) a 1 mg (1,0 mL) por quilo de peso, dividida em
três tomadas diárias.

Bromoprida (substância ativa) gotas
pediátricas

1 a 2 gotas por quilo de peso, três vezes ao dia. Não há estudos
dos efeitos de Bromoprida (substância ativa) administrado por vias
não recomendadas. Portanto, por segurança e para eficácia deste
medicamento, a administração deve ser somente por via oral.

Populações especiais

Pacientes com insuficiência renal

Considerando-se que a excreção da Bromoprida (substância
ativa) é principalmente renal, em pacientes com depuração de
creatinina inferior a 40 mL/min, o tratamento deve ser iniciado com
aproximadamente metade da dose recomendada. Dependendo da eficácia
clínica e condições de segurança do paciente, a dose pode ser
ajustada a critério médico.

Cápsulas

Bromoprida (substância ativa) cápsulas

1 cápsula (10 mg) de 12/12 h ou de 8/8 h (dose máxima 60
mg/dia).

Não há estudos dos efeitos de Bromoprida (substância ativa)
administrado por vias não recomendadas. Portanto, por segurança e
para eficácia deste medicamento, a administração deve ser somente
por via oral.

Populações especiais

Pacientes com insuficiência renal

Considerando-se que a excreção da Bromoprida (substância
ativa) é principalmente renal, em pacientes com depuração de
creatinina inferior a 40 mL/min, o tratamento deve ser iniciado com
aproximadamente metade da dose recomendada. Dependendo da eficácia
clínica e condições de segurança do paciente, a dose pode ser
ajustada a critério médico.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou
mastigado.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Digesan.

Precauções do Bremetix

O uso de Bromoprida (substância ativa) deve ser cauteloso em
gestantes, crianças, idosos, pessoas que sofrem de glaucoma,
diabetes, doença de Parkinson, insuficiência renal, hipertensão,
pessoas sensíveis à procaína, procainamida ou neurolépticos.

Populações especiais

Idosos

A ocorrência de discinesia tardia (movimentos anormais ou
perturbados) tem sido relatada em pacientes idosos tratados por
períodos prolongados. Entretanto, não há recomendações especiais
sobre o uso adequado desse medicamento por pacientes idosos.

Crianças

As reações extrapiramidais (como inquietude, movimentos
involuntários, fala enrolada e etc.) podem ser mais frequentes em
crianças e adultos jovens e podem ocorrer após uma única dose.

Pacientes diabéticos

A estase gástrica pode ser responsável pela dificuldade no
controle de alguns diabéticos. A insulina administrada pode começar
a agir antes que os alimentos tenham saído do estômago e levar a
uma hipoglicemia. Tendo em vista que a Bromoprida (substância
ativa) pode acelerar o trânsito alimentar do estômago para o
intestino e, consequentemente, a porcentagem de absorção de
substâncias, a dose de insulina e o tempo de administração podem
necessitar de ajustes em pacientes diabéticos.

Pacientes com insuficiência renal

Considerando-se que a excreção da Bromoprida (substância
ativa) é principalmente renal, em pacientes com depuração de
creatinina inferior a 40 mL/min, o tratamento deve ser iniciado com
aproximadamente metade da dose recomendada. Dependendo da eficácia
clínica e condições de segurança do paciente, a dose pode ser
ajustada a critério médico.

Pacientes com câncer de mama

A Bromoprida (substância ativa) pode aumentar os níveis de
prolactina, o que deve ser considerado em pacientes com câncer de
mama detectado previamente.

Sensibilidade cruzada

Hipersensibilidade à procaína ou procainamida.

Exclusivo Solução Injetável 

A injeção intravenosa de Bromoprida (substância ativa) deve ser
feita lentamente, durando no mínimo 3 minutos, para evitar o
aparecimento de ansiedade e agitação transitórias, porém intensas,
seguido de sonolência, que pode ocorrer com a administração
rápida.

Gravidez e lactação

Não existem estudos adequados e bem controlados com
Bromoprida (substância ativa) em mulheres grávidas. A
Bromoprida (substância ativa) é excretada pelo leite materno.
Por isso, não deve ser administrada a mulheres grávidas ou que
amamentam, a menos que, a critério médico os benefícios potenciais
para a paciente superem os possíveis riscos para o feto ou
recém-nascido.

Categoria de risco na gravidez: C. Este medicamento não
deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação
médica.

Exclusivo Solução Injetável 

Este medicamento não deve ser utilizado por lactantes
sem orientação médica.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Digesan.

Reações Adversas do Bremetix

  • Reação muito comum (gt; 1/10).
  • Reação comum (gt; 1/100 e ≤ 1/10).
  • Reação incomum (gt; 1/1.000 e ≤ 1/100).
  • Reação rara (gt; 1/10.000 e ≤ 1/1.000).
  • Reação muito rara (≤ 1/10.000).

Reação muito comum

Inquietação, sonolência, fadiga e lassidão.

Com menor frequência pode ocorrer insônia, cefaléia, tontura,
náuseas, sintomas extrapiramidais, galactorreia, ginecomastia,
erupções cutâneas, incluindo urticária ou distúrbios
intestinais.

As reações extrapiramidais podem ser mais frequentes em crianças
e adultos jovens, enquanto que movimentos anormais ou perturbados
são comuns em idosos sob tratamentos prolongados.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de
Notificações em Vigilância Sanitária – Notivisa, disponível em

Bremetix, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Bremetix Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #1977
    Anônimo
    Convidado

    Bremetix Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Bremetix Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top