Tendinite, como tratar e evitar dores nos ombros

Fisgadas, câimbras e fragilidade ao erguer qualquer objeto são os principais sintomas da tendinite, uma inflamação do tendão que pode acometer regiões do corpo tais como calcanhares, cotovelos, joelhos, ombros ou pulsos. A tendinite pode ser o consequência do uso demasiado dos tendões e dos músculos.

A tendinite surge quando ocorre um desequilíbrio na força muscular. Fazer movimentos de forma errada ou erguer pesos afora da sua capacidade são as causas mais frequentes.

Fatores de risco

As profissões mais afetadas pelas tendinites de ombro são aquelas em que o sujeito executa atividades com o braço acima da cabeça como professores, trabalhadores braçais, pintores e esportistas que realizam movimentos de arremesso.

Outro fator de risco é a agravo de massa muscular e elasticidade dos tecidos com a velhice. Por isso que pessoas acima dos 60 anos tendem a alegar mais problemas do gênero.

Como identificar se a dor no ombro é tendinite?

Quem apresenta tendinite no ombro pode ter dor durante a movimentação da articulação ? ao levantar o braço acima da cabeça ou durante a prática de algum esporte. A dor comumente ocorre na parte superior do ombro, mas igualmente pode surgir atrás da articulação.

Tratamento

Pode ser feito primeiramente com compressas de gelo (três ou quatro vezes ao dia). Além disso, medicamentos e podem ser utilizados para controle da inflamação e alívio da dor.

Já as sessões de fisioterapia irão auxiliar a conservar ou restabelecer o movimento e a força do membro afetado. Com semelhança aos exercícios físicos, devem ser moderados e não devem causar dor até a recuperação total do tendão contundido. A prática de alongamentos e de fortificação muscular ajuda a precaver novas lesões.

Livre-se da dor no ombro

É necessário manter cautela ao fazer movimentos repetitivos. Eles exigem pausas prolongadas, ou seja, é imprescindível parar e alongar para jamais forçar os tendões e os músculos.

Outra dica essencial é ingerir muito água, pois ajuda a conservar as articulações.

Com os braços soltos faça movimentos circulares para soltar a musculatura e atenuar os tendões nessa área. Em seguida leve o braço esquerdo em direção ao direito e com a mão direita pressione delicadamente o braço até que consiga sentir a musculatura se esticando. Repita esses movimentos três vezes ao dia.

Compartilhe esta página!

Deixe uma resposta

Scroll to top