Diclofenaco Dietilamonio Prati Donaduzzi Bula

Diclofenaco Dietilamônio Prati Donaduzzi

Lesões em tecidos moles

Traumas em tendões, ligamentos, músculos e articulações, por
exemplo, devido a entorses, lesões e contusões ou dores nas costas
(lesões esportivas);

Formas localizadas de reumatismos de tecidos
moles

Tendinite (por exemplo, cotovelo de tenista), bursite, síndrome
ombro-mão e periartropatia. Para o alívio da dor de osteoartrite de
joelhos ou dedos.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Cataflampro.

Contraindicação do Diclofenaco Dietilamônio –
Prati-Donaduzzi

Hipersensibilidade conhecida ao diclofenaco ou a qualquer
componente da formulação. Diclofenaco Dietilamônio (substância
ativa) é também contraindicado a pacientes nos quais crises de
asma, angioedema, urticária ou rinite aguda são desencadeadas por
ácido acetilsalicílico ou por outras substâncias antiinflamatórias
não esteroidais (AINEs) como ibuprofeno e aspirina. Diclofenaco
Dietilamônio (substância ativa) tem uso contraindicado durante o
último trimestre de gravidez.

Categoria de risco de fármacos destinados às mulheres
grávidas: D.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em
caso de suspeita de gravidez.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Cataflampro.

Como usar o Diclofenaco Dietilamônio –
Prati-Donaduzzi

Uso exclusivamente tópico para adultos e crianças acima de 14
anos de idade.

Os pacientes devem consultar um médico se os sintomas não
melhorarem ou se houver piora em 7 dias do início do
tratamento.

Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Aerossol
11,6 mg/g

O medicamento deve ser aplicado sobre a região afetada, 3 a 4
vezes ao dia. Vaporizar o produto por 3 a 6 segundos na área
afetada, massageando levemente a pele até a solução ser
completamente absorvida. A quantidade de produto depende do tamanho
da área dolorida. Após a aplicação, as mãos devem ser lavadas, a
menos que sejam o local a ser tratado.

Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Emulgel 11,6
mg/g

O medicamento deve ser aplicado sobre a região afetada, 3 a 4
vezes ao dia, massageando suavemente a pele.

A quantidade necessária depende da extensão da área
dolorida

2 a 4 g (quantidade variando do tamanho de uma cereja a uma noz)
de Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Emulgel 11,6 mg/g
são suficientes para tratar uma área de cerca de 400-800
cm2 . Após a aplicação, as mãos devem ser lavadas, a
menos que sejam o local tratado.

Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Emulgel 23,2
mg/g

O medicamento proporciona alívio prolongado da dor por até 12
horas (aplicado 2 vezes ao dia, no período matinal e noturno).
Deve-se massagear suavemente a pele da área afetada.

A quantidade necessária depende da extensão da área
dolorida

2 a 4 g (quantidade variando do tamanho de uma cereja a uma noz)
de Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Emulgel 23,2 mg/g
são suficientes para tratar uma área de cerca de 400-800
cm2. Após a aplicação, as mãos devem ser lavadas, a
menos que sejam o local tratado.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Cataflampro.

Precauções do Diclofenaco Dietilamônio –
Prati-Donaduzzi

A probabilidade de efeitos adversos sistêmicos (aqueles
associados ao uso de formas sistêmicas de diclofenaco) devem ser
consideradas se o diclofenaco tópico for usado em doses mais
elevadas ou por um período de tempo mais longo que o
recomendado.

O diclofenaco tópico deve ser aplicado somente sobre a pele
intacta e não doente, sem feridas abertas ou escoriações. Evitar o
contato do produto com os olhos e as membranas mucosas; o
medicamento não deve ser ingerido. Interrompa o tratamento se
ocorrerem erupções cutâneas após a aplicação do produto.

O diclofenaco tópico pode ser usado com bandagens não oclusivas,
mas não deve ser utilizado com bandagens que não permitam a
passagem do ar.

Informações sobre os excipientes

Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) contém
propilenoglicol que em algumas pessoas por causar irritação leve e
localizada na pele.

Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Aerossol e
Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Emulgel 11,6 mg/g
contém benzoato de benzila que pode causar irritação leve e
localizada em algumas pessoas.

Diclofenaco Dietilamônio (substância ativa) Emulgel 23,2
mg/g contém butil-hidroxitolueno que pode causar reações
localizadas na pele (dermatite de contato) ou irritação dos olhos
ou das membranas mucosas.

Fertilidade

Não existem dados disponíveis sobre o uso de formulações tópicas
de diclofenaco e os seus efeitos na fertilidade em seres
humanos.

Gravidez

Não há dados suficientes sobre o uso do diclofenaco em mulheres
grávidas. O diclofenaco deve ser utilizado durante os dois
primeiros trimestres da gravidez apenas se os benefícios esperados
justificarem o potencial risco ao feto. Assim como outros
anti-inflamatórios não esteroidais, o uso do diclofenaco durante o
terceiro trimestre de gravidez é contraindicado devido a
possibilidade de inércia uterina, insuficiência renal no feto com
oligoidrâmnio e/ou fechamento prematuro do ducto arterioso.

Lactação

Não se sabe se o diclofenaco tópico é excretado no leite
materno. O diclofenaco deve ser utilizado durante a lactação apenas
se os benefícios esperados justificarem o potencial risco ao
recém-nascido. Se houverem razões convincentes para usar
diclofenaco, o medicamento não deve ser aplicado nos seios nem
usado em uma dosagem mais elevada ou por período mais longo do que
o recomendado.

Pacientes idosos

A dosagem usual para adultos pode ser utilizada por idosos.

A aplicação tópica do diclofenaco não exerce influência na
habilidade de dirigir veículos ou operar máquinas.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Cataflampro.

Reações Adversas do Diclofenaco Dietilamônio –
Prati-Donaduzzi

As reações adversas classificam-se de acordo com a
frequência, primeiramente as mais frequentes, utilizando-se a
seguinte convenção:

  • Muito comuns (gt;1/10);
  • Comuns (gt;1/100 e ≤1/10);
  • Incomuns (gt;1/1.000 e ≤1/100);
  • Raras (gt;1/10.000 e ≤1/1.000);
  • Muito raras (≤1/10.000).

Em cada grupo de frequência, as reações adversas são
apresentadas em ordem decrescente de gravidade.

Comuns (gt;1/100 e ≤1/10)

Dermatite (incluindo dermatite de contato), erupções cutâneas,
eritema, eczema e prurido.

Raras (gt;1/10.000 e ≤1/1.000)

Dermatite bolhosa.

Muito raras: (gt;1/10)

Erupção cutânea pustular, angioedema, hipersensibilidade
(incluindo urticária), asma, reação de fotossensibilidade.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de
Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em

Diclofenaco-Dietilamonio-Prati-Donaduzzi, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Diclofenaco Dietilamonio Prati Donaduzzi Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #4895
    Anônimo
    Convidado

    Diclofenaco Dietilamonio Prati Donaduzzi Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Diclofenaco Dietilamonio Prati Donaduzzi Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top