Bromidrato De Fenoterol Teuto Bula

Bromidrato de Fenoterol Teuto

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) também é indicado
para a profilaxia da asma induzida por exercício.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Berotec.

Contraindicação do Bromidrato de Fenoterol –
Teuto

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) é contraindicado para
pacientes portadores de cardiomiopatia obstrutiva hipertrófica,
taquiarritmia, hipersensibilidade ao Bromidrato de Fenoterol
(substância ativa) e/ou a quaisquer outros componentes da
fórmula.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Berotec.

Como usar o Bromidrato de Fenoterol – Teuto

Bromidrato de Fenoterol solução para nebulização para
uso oral e inalatório (gotas)

Para fins de cálculo da dosagem, considerar que 1 gota contém
0,25 mg de bromidrato de fenoterol (equivalente a 0,05 mL).

As doses devem ser adaptadas às necessidades individuais do
paciente; os pacientes deverão ser mantidos sob supervisão médica
durante o tratamento.

O frasco de Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução
(gotas) vem acompanhado de um moderno gotejador, de fácil
manuseio, basta colocar o frasco em posição vertical e deixar
gotejar a quantidade desejada.

Para usar rompa o lacre da tampa, vire o frasco e mantenha-o na
posição vertical. Para começar o gotejamento, bata levemente com o
dedo no fundo do frasco e deixe gotejar a quantidade desejada.

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução
(gotas) pode ser administrado por via oral ou diluído para
inalação.

Uso oral

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução para
nebulização para uso oral é administrada como tratamento
sintomático da crise aguda de asma e outras enfermidades com
estreitamento reversível das vias aéreas, por exemplo, bronquite
crônica, se a opção de tratamento por inalação não puder ser
considerada.

As doses recomendadas são:

Adultos (incluindo idosos) e adolescentes acima de 12
anos:

10 a 20 gotas (2,5 a 5 mg), 3 vezes ao dia.

Crianças de 6 a 12 anos:

10 gotas (2,5 mg), 3 vezes ao dia.

Crianças de 1 a 6 anos:

5 a 10 gotas (1,25 a 2,5 mg), 3 vezes ao dia.

Crianças de até 1 ano:

3 a 7 gotas (0,75 a 1,75 mg), 2 a 3 vezes ao dia.

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução para
nebulização (gotas) para uso oral deve ser administrado
preferencialmente antes das refeições.

Uso inalatório

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução para
nebulização para inalação é administrado como tratamento
sintomático da crise de asma aguda e outras condições com
constrição reversível das vias aéreas tais como bronquite
obstrutiva crônica e profilaxia da asma induzida por exercício.

Se necessário, a dose pode ser repetida após intervalos
de 4 horas, no mínimo. As doses recomendadas são:

Crises agudas de asma e outras condições com constrição
reversível das vias aéreas:

Adultos (incluindo idosos) e adolescentes acima de 12
anos de idade

Na maioria dos casos, 0,1 mL (2 gotas
= 0,5 mg) é suficiente para o alívio imediato dos sintomas. Em
casos graves, por exemplo, na maioria dos casos em tratamento
hospitalar, doses mais altas, de até 0,25 mL (5 gotas = 1,25 mg),
podem ser necessárias. Nestes casos doses totais diárias de até 0,4
mL (8 gotas, 2 mg) podem ser administradas sob supervisão
médica

Crianças de 6 a 12 anos

0,05-0,1 mL (1 a 2 gotas = 0,25 a 0,5
mg) é suficiente, em muitos casos, para o alívio imediato dos
sintomas. Em casos graves, por exemplo, na maioria dos casos em
tratamento hospitalar, doses mais altas, de até 0,2 mL por dose (4
gotas = 1 mg) podem ser necessárias. Em casos particularmente
graves, até 0,3 mL por dose (6 gotas = 1,5 mg) até 3 vezes ao dia,
a ser administrado sob supervisão médica

Profilaxia da asma induzida por exercício:

Adultos (incluindo idosos) e adolescentes acima de 12
anos de idade

0,1 mL (2 gotas = 0,5 mg) por
administração, antes do exercício

Crianças de 6 a 12 anos

0,1 mL (2 gotas = 0,5 mg) por
administração, antes do exercício

Crianças menores de 6 anos (pesando até 22
kg):

Como a informação existente para este grupo etário é limitada,
recomenda-se 0,05 mg de bromidrato de fenoterol por Kg de peso
corporal por dose, e não mais que 0,2 mL (4 gotas = 1mg) por dose,
até 3 vezes ao dia, a ser administrado unicamente sob supervisão
médica. A dose diária de 0,15 mg/kg não deve ser excedida.

A dosagem pode depender do modo de inalação e das
características do nebulizador utilizado. A duração da inalação
pode ser controlada pelo volume de diluição.

O tratamento sempre deve ser iniciado com a menor dose
recomendada. Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução
para nebulização (gotas) pode ser usado com os diversos
nebulizadores disponíveis no mercado. As exposições sistêmica e
pulmonar do medicamento são dependentes do nebulizador utilizado e
podem ser mais elevada do que com Bromidrato de Fenoterol
(substância ativa) solução pressurizada para inalação, dependendo
da eficiência do dispositivo.

Onde houver oxigênio instalado, a solução é melhor administrada
com um fluxo de 6 a 8 litros/minuto.

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução para
nebulização (gotas) pode ser inalado com agentes anticolinérgicos e
secretomucolíticos compatíveis, como, por exemplo, Atrovent
(brometo de ipratrópio), Mucosolvan (cloridrato de ambroxol) e
Bisolvon (cloridrato de bromexina) soluções para inalação.

A dose recomendada deve ser diluída até um volume final de 3-4
mL de soro fisiológico e nebulizada e inalada até que se obtenha
suficiente alívio dos sintomas. Não diluir o produto com água
destilada.

A solução sempre deve ser diluída antes da utilização; as sobras
devem ser descartadas.

Bromidrato de Fenoterol solução pressurizada para
inalação (HFA)

As doses recomendadas são:

Episódios de asma aguda e outras condições com
constrição reversível das vias aéreas:

Na maioria dos casos, a inalação de 1 dose (100 mcg) por via
oral é suficiente para alívio imediato dos sintomas. Se não ocorrer
melhora dos sintomas após cerca de 5 minutos, pode-se inalar uma
segunda dose até um máximo de 8 doses por dia (máximo de 800
mcg/dia).

Não havendo alívio dos sintomas após 2 doses (200 mcg), poderão
ser necessárias doses adicionais; neste caso é recomendado que os
pacientes sejam orientados a procurar um médico ou dirigir-se ao
hospital mais próximo imediatamente.

Profilaxia da asma induzida por exercício:

1 a 2 doses (100 a 200 mcg) por via oral antes do exercício, até
o máximo de 8 doses por dia (máximo de 800 mcg/dia).

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução
pressurizada para inalação só é recomendado para crianças sob
critério médico e sob supervisão de um adulto.

O uso correto do inalador é essencial para uma
terapêutica bem sucedida, conforme detalhado a seguir:

Pressione a válvula duas vezes antes de utilizar o aerossol pela
primeira vez.
Antes de cada uso, as seguintes recomendações devem ser
seguidas.

  1. Retire a tampa protetora.

  1. Expire profundamente.
  2. Segure o inalador conforme demonstrado na fig. 1 e coloque os
    lábios sobre o bocal. A seta e a base do frasco devem estar
    apontando para cima.
  3. Inspire o mais profundamente possível e ao mesmo tempo
    pressione firmemente a base do frasco, liberando uma dose. Segure a
    respiração por alguns segundos, remova o bocal e expire. Se for
    necessária uma segunda inalação, repita os passos de 2 a 4.
  4. Recoloque a tampa protetora após o uso.
  5. Caso o inalador não tenha sido utilizado nos últimos três dias,
    pressione a válvula uma vez antes do uso.

O frasco não é transparente, portanto não é possível observar
quando está vazio. O inalador libera 200 doses (puffs); quando
todas as 200 doses tiverem sido liberadas, pode parecer que o
frasco ainda contenha uma pequena quantidade de líquido; no entanto
deve ser iniciado um novo inalador, uma vez que pode não ser
liberada a quantidade correta para o tratamento.

A quantidade no seu inalador pode ser verificada da
seguinte maneira:

Remova o frasco do bocal plástico e coloque-o em um
recipiente com água. O conteúdo pode ser estimado observando-se sua
posição na água:

A:

 Vazio.

B:

 1/4 do volume.

C:

 Metade do volume.

D:

 3/4 do volume ou mais.

Limpe seu inalador pelo menos uma vez por semana.

É importante manter o bocal do seu inalador limpo para garantir
que o medicamento não se acumule e bloqueie o spray. Para a
limpeza, primeiro retire a tampa protetora e remova o frasco do
inalador. Enxágue todo o inalador com água morna até limpar toda
medicação e/ou sujeira visível.

Após a limpeza agite o inalador e deixe secar, sem utilização de
qualquer sistema de aquecimento. Uma vez que o bocal estiver seco,
recoloque o frasco e a tampa protetora.

Atenção

: o bocal plástico foi especialmente desenvolvido para uso com
Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução pressurizada
para inalação 100 mcg, para garantir a administração da quantidade
correta de medicamento. O bocal nunca deve ser utilizado com outro
aerossol dosificador, assim como Bromidrato de Fenoterol
(substância ativa) solução pressurizada para inalação 100 mcg
também não deve ser utilizado com outro bocal que não o fornecido
com o produto.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Berotec.

Precauções do Bromidrato de Fenoterol –
Teuto

Em pacientes com diabetes mellitus descompensado,
infarto do miocárdio recente, graves alterações vasculares ou
cardíacas de origem orgânica, hipertireoidismo e feocromocitoma,
Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) deve ser utilizado
somente após minuciosa análise de risco/benefício, sobretudo quando
as maiores doses recomendadas forem utilizadas.

Broncoespasmo paradoxal

Tal como acontece com outros medicamentos inalatórios Bromidrato
de Fenoterol (substância ativa) pode resultar em broncoespasmo
paradoxal que pode ser fatal. Se ocorrer broncoespasmo paradoxal
Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) deve ser imediatamente
descontinuado e substituído por uma terapia alternativa.

Efeitos Cardiovasculares

Efeitos cardiovasculares podem ser vistos com medicamentos
simpaticomiméticos, inclusive Bromidrato de Fenoterol (substância
ativa).

Há alguma evidência de dados pós-comercialização e literatura
publicada de raras ocorrências de isquemia do miocárdio associada
com beta agonistas.

Pacientes com doença cardíaca grave subjacente (por exemplo,
doença isquêmica cardíaca, arritmia ou insuficiência cardíaca
grave) que estão recebendo Bromidrato de Fenoterol (substância
ativa) devem ser advertidos a procurar assistência médica se
surgirem dor torácica ou outros sintomas de agravamento de doença
cardíaca.

Deve ser dada atenção à avaliação de sintomas como dispneia e
dor torácica, uma vez que podem ser tanto de origem cardíaca quanto
respiratória.

Hipocalemia

O tratamento com beta2-agonistas pode provocar hipocalemia
potencialmente grave. Recomenda-se precaução em asma grave, pois a
hipocalemia pode ser potencializada pela administração concomitante
de derivados da xantina (como teofilina), glicocorticosteroides
(como hidrocortisona) e diuréticos (como furosemida). Além disso, a
hipóxia pode agravar os efeitos da hipocalemia sobre o ritmo
cardíaco.

Hipocalemia pode resultar em um aumento da susceptibilidade a
arritmias em pacientes recebendo digoxina. Nestas situações,
aconselha-se monitorar os níveis séricos de potássio.

Dispneia aguda progressiva

O paciente deve ser orientado a consultar um médico
imediatamente em caso de dispneia aguda ou de piora rápida da
dispneia.

Advertências especiais no uso prolongado

  • O uso sob demanda é preferível ao uso regular.
  • Os pacientes devem ser avaliados para a administração ou
    intensificação de tratamento anti-inflamatório (por exemplo,
    inalação de corticosteroides), a fim de controlar a inflamação das
    vias aéreas e prevenir os danos pulmonares em longo prazo.

Se a obstrução brônquica piorar, é pouco apropriado e
eventualmente perigoso simplesmente aumentar o uso de beta2 –
agonistas como o Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) além da
dose recomendada e por períodos de tempo prolongados.

O uso regular de quantidades aumentadas de Bromidrato de
Fenoterol (substância ativa) para controlar sintomas de obstrução
brônquica pode significar um controle inadequado da doença. Nesta
situação, o esquema terapêutico do paciente e, em particular, a
adequação do tratamento anti-inflamatório, deverão ser reavaliados,
a fim de prevenir uma potencial ameaça à vida pela deterioração do
controle da doença.

Uso concomitante com broncodilatadores
simpaticomiméticos e anticolinérgicos

Outros broncodilatadores simpaticomiméticos só devem ser
utilizados com Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) sob
rigorosa supervisão médica, sendo que broncodilatadores
anticolinérgicos podem ser inalados simultaneamente.

Interferência com exames laboratoriais ou de
diagnóstico

O uso de Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) pode levar a
resultados positivos para a presença de Bromidrato de Fenoterol
(substância ativa) em testes para avaliação de abuso de substâncias
ilícitas, por exemplo, no contexto de aumento de desempenho
atlético (doping).

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) pode causar
doping.

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) solução para
nebulização para uso oral e inalatório (gotas) contém o conservante
cloreto de benzalcônio e o estabilizante edetato dissódico
di-hidratado. Quando inalados estes componentes podem causar
broncoconstrição em pacientes sensíveis com vias aéreas
hiper-reativas.

Para administração exclusivamente por via oral deve-se
considerar que este medicamento contém 24 mg de sódio por dose
máxima recomendada, e deve ser levado em consideração por pacientes
com uma dieta controlada de sódio.

Gravidez, Lactação e Fertilização

Gravidez

Dados pré-clínicos combinados com experiências disponíveis em
humanos não mostraram evidência de efeitos adversos durante a
gravidez. Todavia, devem ser observadas as precauções usuais
referentes à administração de medicamentos durante a gravidez,
principalmente nos três primeiros meses.

No período imediatamente anterior ao parto deve-se considerar o
efeito inibidor de Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) sobre
as contrações uterinas.

Lactação

Estudos pré-clínicos mostraram que o Bromidrato de Fenoterol
(substância ativa) é excretado pelo leite materno. Até o momento
não está comprovada sua segurança durante a lactação. Deve-se ter
cautela quando Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) for
administrado durante a amamentação.

Fertilidade

Não há dados clínicos disponíveis sobre fertilidade com o uso do
bromidrato de Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) e estudos
pré-clínicos não mostraram efeito adverso sobre a fertilidade.

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) está
classificado na categoria B de risco na gravidez.

Bromidrato de Fenoterol (substância ativa) não deve ser
utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do
cirurgiãodentista.

Efeitos na capacidade de dirigir e operar
máquinas

Não foram realizados estudos; no entanto, os pacientes devem ser
informados que tontura foi relatada nos estudos clínicos. Portanto,
deve-se recomendar cautela ao dirigir veículos ou operar
máquinas.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Berotec.

Reações Adversas do Bromidrato de Fenoterol –
Teuto

Como em toda terapia inalatória, Bromidrato de Fenoterol
(substância ativa) pode provocar sinais de irritação local.

Reação comum ( 1/100 e lt; 1/10)

Tremor, tosse.

Reação incomum ( 1/1.000 e lt; 1/100)

Hipocalemia, agitação, arritmia, broncoespasmo paradoxal,
náuseas, vômitos, prurido.

Reação com frequência desconhecida

Hipersensibilidade, nervosismo, cefaleia, tonturas, isquemia
miocárdica, taquicardia, palpitações, irritação da garganta,
hiperidrose, reações cutâneas, rash, urticária, cãibra
muscular, mialgia, fraqueza muscular, aumento da pressão arterial
sistólica, diminuição da pressão arterial diastólica.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de
Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em

Bromidrato-De-Fenoterol-Teuto, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Bromidrato De Fenoterol Teuto Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #2073
    Anônimo
    Convidado

    Bromidrato De Fenoterol Teuto Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Bromidrato De Fenoterol Teuto Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top