Causas, sintomas e tratamento de Fadiga Ocular

Ficar horas em frente ao computador, assistindo à televisão, jogando playstation ou mexendo no smart phone ou tablet são atitudes comuns hoje em dia. Com o avanço da tecnologia, principalmente na informática, os hábitos mudaram. Se por um lado os benefícios deste avanço são enormes, por outro os riscos à saúde visual devido ao uso exagerado destas tecnologias também são.

De acordo com especialistas, entre 70% e 90% da população mundial sente desconfortos visuais depois de ficar horas em frente à tela. Apesar de não ser classificada como patologia pela Medicina, a fadiga ocular já é considerada um problema de saúde, fruto da vida moderna, que atinge cerca de 60% das pessoas com menos de 45 anos no mundo, tanto os usuários de óculos quanto os não usuários.

Quando os olhos se concentram num ponto por bastante tempo, eles fazem ajustes imperceptíveis e incontroláveis para obter foco. Estes são denominados microflutuações da adaptação visual e são realizados por meio das contrações de um músculo dentro do olho. Como qualquer outro músculo do nosso corpo, ao realizar um esforço constante, ocorrem o estresse das funções oculares e cansaço. Desta forma, o olho fica inábil de promover o foco exato, ocasionando os sintomas de cansaço ocular.

Entre os sintomas mais comuns da cansaço ocular, podemos destacar:

Os visuais

Dificuldade de focagem ou visão turva, alteração ou flutuação na percepção das cores e aumento da sensibilidade à luz;

Oculares

Sensação de fadiga e dor ocular, olhos vermelhos e secos;

Músculos esqueléticos

Dor de cabeça, dores do pescoço, ombros e costas, irritabilidade e tonturas.

Para recuperar a qualidade visual de quem não tem como fugir da exposição às telas, já existem no mercado oftalmológico algumas soluções que amenizam a sensação de desconforto. Porém, é primordial que antes de buscar qualquer alternativa se faça uma consulta com um oftalmologista, só ele poderá indicar o mais adequado para você!

Hábitos simples, mas que valem muito!

1 – Piscar ajuda na conservação da umidade dos olhos e é substancial para uma boa visão e defesa ocular;

2 – Evite a incidência direta do ar de ventiladores ou aparelhos de ar condicionado no rosto;

3 – Limpe continuamente a tela do computador; a aglomeração de poeiras deteriora a imagem e dificulta a visão;

4 – Mantenha a tela (computador ou TV) numa distância de 50 a 70 cm aproximadamente dos olhos;

5 – Utilize umidificadores de ar no ambiente ou coloque sobre a mesa um copo com água. Isso aumentará um pouco a umidade local;

6- Não pingue colírios sem orientação médica;

7 – Aplique compressa gelada com água filtrada ou mineral durante alguns minutos;

8 – Caso as dicas acima não resolverem de forma eficiente o seu problema, não existe outra maneira de descansar a vista a não ser descansando também o corpo. Comumente quando o corpo está cansado por atividade excessiva, falta de sono ou estresse físico ou mental, nenhuma dessas medidas resolvem;

Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) (http://www.jotazerodigital.com.br/fadiga-ocular–habitos-que-fazem-bem-a-saude-dos-olhos.php)

Compartilhe esta página!

Deixe uma resposta

Scroll to top