Ilosone Solucao Topica Bula

Ilosone Solução Tópica

Como o Ilosone Solução Tópica
funciona?


A eritromicina é produzida por uma cepa de Streptomyces
erythraeus e pertence ao grupo dos antibióticos macrolídeos. A ação
antibacteriana da eritromicina é tanto inibitória como bactericida
para organismos sensíveis. As preparações tópicas de eritromicina
penetram no conduto pilossebáceo e causam inibição da síntese de
proteínas bacterianas. A inibição da síntese protéica ocorre por
ação no ribossomo, onde a eritromicina compete pelos sítios
ribossômicos de combinação, bloqueando a reação de translocação dos
aminoácidos.

Contraindicação do Ilosone Solução Tópica

Ilosone Solução tópica é contraindicado a pacientes
hipersensíveis à eritromicina ou a qualquer componente da
formulação. Não utilizar nos olhos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista (Categoria
B).

Como usar o Ilosone Solução Tópica

Ilosone Solução tópica deve ser aplicado na área afetada duas
vezes ao dia, ou seja a cada 12 horas. Antes da aplicação, lavar a
área afetada com água morna e sabão neutro e secar. Friccionar a
área afetada com um chumaço de gaze umedecido com a solução. As
lesões de acne na face, pescoço, ombro, tórax e costas podem ser
tratadas do mesmo modo.

A critério do médico e dependendo das necessidades do paciente,
a posologia pode ser modificada.

A duração do tratamento deve ser determinada a critério médico
dependendo da indicação e da resposta individual ao tratamento.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu
médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Ilosone
Solução Tópica?


Se você se esquecer de aplicar o medicamento, aplique-o assim
que puder. Se for quase hora da próxima aplicação, espere até lá
para aplicar o produto e pule a dose esquecida. Não use medicamento
extra para compensar uma dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções do Ilosone Solução Tópica

O uso de agentes antimicrobianos pode estar associado com a
proliferação de microrganismos resistentes a antibióticos. Nesses
casos a administração de antibióticos deve ser interrompida e devem
ser tomadas medidas adequadas.

Reações Adversas do Ilosone Solução Tópica

As reações adversas que podem ocorrer durante o uso de
Ilosone Solução tópica são ressecamento da pele,
flacidez, prurido, descamação, eritema, oleosidade, ardor e
irritação dos olhos. Foi relatado um caso de urticária
generalizada, possivelmente relacionada com a droga, que requereu o
uso de tratamento comcorticosteróide sistêmico. De um total de 90
pacientes expostos a eritromicina tópica durante estudos clínicos,
17 apresentaram algum tipo de reação adversa incluindo pele seca,
pele escamosa, prurido, irritação dos olhos e ardor.

Reações cutâneas desde pequenas erupções até eritema multiforme,
Síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica foram
raramente reportadas durante o uso de antibióticos macrolídeos.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou
farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do
medicamento.

Informe também à empresa através de seu serviço de
atendimento.

População Especial do Ilosone Solução
Tópica

Gravidez e lactação

Não foram realizados estudos a longo prazo em animais para
avaliar o potencial carcinogênico, mutagênico ou sobre a
fertilidade da eritromicina. Desta forma, o médico deve avaliar o
risco-benefício do uso de Ilosone Solução tópica durante a
gravidez e lactação.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista (Categoria
B).

Idosos

Não existem indicações especiais de uso para pacientes
idosos.

Composição do Ilosone Solução Tópica

Cada mL contém

20 mg de eritromicina base.

Excipiente:

álcool etílico, ácido cítrico e propilenoglicol.

Gradução alcoólica:

70%.

Apresentação do Ilosone Solução Tópica


Solução Tópica 20 mg/mL

Embalagem com 1 frasco de vidro âmbar de 120 mL

Uso tópico.

Uso adulto e pediátrico.

Superdosagem do Ilosone Solução Tópica

Não existem relatos de sobredosagem tópica com a aplicação de
Ilosone Solução tópica.

Os sintomas de superdosagem oral com a eritromicina podem
incluir náusea, vômito, dor abdominal e diarreia. A gravidade da
dor abdominal e da diarreia está relacionada com a dose. Foi
relatada a ocorrência de inflamação do pâncreas, aguda, leve e
reversível, especialmente em pacientes com mal funcionamento dos
rins ou fígado.

Para tratar uma superdosagem, considerar a possibilidade de
superdosagem de múltiplas drogas, interação entre drogas e cinética
inusitada da droga no paciente. A não ser que seja ingerida 5 vezes
a dose única normal de eritromicina, a descontaminação
gastrointestinal não deve ser necessária.

Proteger as vias aéreas do paciente e manter a ventilação e
perfusão.

Monitorar e manter meticulosamente dentro dos limites aceitáveis
os sinais vitais do paciente, os gases do sangue, eletrólitos do
soro, etc. A absorção de drogas no trato gastrointestinal pode ser
diminuída administrando carvão ativado que na maioria dos casos é
mais eficaz do que a indução de vômito ou lavagem gástrica;
considerar o carvão ativado ao invés de ou em adição ao
esvaziamento gástrico. Doses repetidas por períodos longos podem
acelerar a eliminação de algumas drogas que foram absorvidas.
Proteger as vias aéreas do paciente quando empregar o esvaziamento
gástrico ou carvão ativado. Diurese forçada, diálise peritoneal,
hemodiálise ou hemoperfusão com carvão ativado não foram
estabelecidos como métodos benéficos para casos de superdosagem com
eritromicina.

Existe relato de 1 caso de pancreatite aguda após ingestão de 5
g de eritromicina base.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais
orientações. E notifique a empresa através do seu SAC.

Interação Medicamentosa do Ilosone Solução
Tópica

Não existem relatos de interações medicamentosas entre a
eritromicina e outros medicamentos quando utilizada topicamente.
Contudo, o uso concomitante de qualquer outro tratamento tópico
para acne deve ser utilizado com cuidado pois, pode ocorrer reação
irritante cumulativa, especialmente em se tratando de peeling,
descamação ou drogas abrasivas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está
fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico.
Pode ser perigoso para a sua saúde.

Ação da Substância Ilosone Solução Tópica

Resultados de eficácia

Eficaz contra micro-organismos sensíveis uma vez estabelecida a
sensibilidade de acordo com culturas e testes de sensibilidade que
devem ser realizados.

Características farmacológicas

A eritromicina é produzida por uma cepa de Streptomyces
erythraeus e pertence ao grupo dos antibióticos macrolídeos. É
básica e forma rapidamente sais com ácidos. A base, o estearato e
os ésteres são muito pouco solúveis em água e são adequados para
administração oral.

Quimicamente, o Estolato de Eritromicina (substância ativa) é o
sulfato de dodecil 2′-propionato de eritromicina. A fórmula
molecular é C40H71NO14.

C12H26O4S, representando um
peso molecular de 1.056,39. O Estolato de Eritromicina (substância
ativa) é o laurilsulfato de éster propionílico de eritromicina. É
um pó cristalino branco, quase inodoro. A substância é
essencialmente insípida. Tem um pH entre 4, 5 e 7 em uma suspensão
aquosa contendo 10 mg/mL.

Farmacologia clínica

As eritromicinas são absorvidas no trato gastrintestinal e a
biodisponibilidade das substâncias é variável, dependendo de uma
série de fatores, tais como: dosagem e formulação da eritromicina,
estabilidade ácida do derivado, presença de alimento e tempo de
esvaziamento gástrico. O Estolato de Eritromicina (substância
ativa) administrado por via oral é rápido e confiavelmente
absorvido. Devido à estabilidade ácida, os níveis séricos são
comparáveis, seja tomado em jejum ou após a alimentação. Após uma
dose única de 250 mg, as concentrações sanguíneas médias foram de
0,29, 1, 1,2 e 2 mcg/mL após 2, 4 e 6 horas, respectivamente.

Após uma dose de 500 mg, as concentrações sanguíneas médias
foram de 3,0, 1,9 e 0,7 mcg/mL após 2, 6 e 12 horas,
respectivamente. Após a administração oral, os níveis séricos do
antibiótico consistem em eritromicina base e éster propionílico de
eritromicina. O éster propionílico continua a hidrolisar-se em
eritromicina base, mantendo um equilíbrio de aproximadamente 20% da
base e 80% do éster no soro. Após a absorção, a eritromicina
difunde-se rapidamente pela maioria dos líquidos orgânicos.

Na ausência de inflamação das meninges são normalmente
encontradas baixas concentrações no líquido cefalorraquidiano;
porém, a passagem da droga através da barreira hematoencefálica
aumenta nas meningites. Na presença de função hepática normal, a
eritromicina é concentrada no fígado e excretada na bile; o efeito
da disfunção hepática sobre a excreção da eritromicina pelo fígado
na bile é desconhecido. Menos de 5% da dose administrada oralmente
é recuperada na urina em forma ativa. A eritromicina atravessa a
barreira placentária; porém, os níveis plasmáticos fetais são
baixos. A droga é excretada no leite humano.

Microbiologia

A eritromicina inibe a síntese proteica sem afetar a síntese do
ácido nucleico. Algumas cepas de Haemophilus influenzae e
estafilococos têm demonstrado resistência à eritromicina. Algumas
cepas de H. influenzae que são resistentes in
vitro
à eritromicina são sensíveis à associação de
eritromicina e sulfas.

Devem ser feitas culturas e testes de sensibilidade. Se for
usado o teste de sensibilidade pelo método de Bauer-Kirby dos
discos de papel em placa, um disco de 15 mcg de eritromicina deve
produzir um diâmetro de halo de inibição de no mínimo 18 mm, quando
testado contra uma bactéria sensível à eritromicina. Foi
demonstrado antagonismo entre a clindamicina
e eritromicina.

Cuidados de Armazenamento do Ilosone Solução
Tópica

Conservar em temperatura ambiente (ambiente com temperatura
entre 15 e 30ºC), proteger da luz e da umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide
embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas

Ilosone é uma solução incolor transparente com forte odor
alcoólico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso
ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no
aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá
utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Ilosone Solução Tópica

Reg. M.S. 1.0575.0068

Resp. Técnica:

Dra. Andreia Marini
CRF-SP nº 46.444

Registrado por:

Valeant Farmacêutica do Brasil Ltda.
Alameda Capovilla, 109 – Indaiatuba – SP
CNPJ 61.186.136/0001-22
Indústria Brasileira
Uma empresa do grupo Valeant Pharmaceuticals International, Inc. –
Canadá

Fabricado por:

Instituto Terapêutico Delta Ltda.
Alameda Capovilla, 129
Indaiatuba – SP

SAC Valeant:

0800 16 6116
E-mail: sac@valeant.com

Venda sob prescrição médica – só pode ser vendido com
retenção da receita.

Ilosone-Solucao-Topica, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Ilosone Solucao Topica Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #7617
    Anônimo
    Convidado

    Ilosone Solucao Topica Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Ilosone Solucao Topica Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top