Hemolenta Bula

Hemolenta

Esta terapia é indicada para pacientes com lesão renal aguda,
que estão hemodinamicamente instáveis (pacientes
acidentados/traumatizados) e não toleram/suportam a hemodiálise
convencional, devido ao quadro de hipotensão arterial acentuada e
com a necessidade de remoção de grandes quantidades de líquidos em
excesso, compostos nitrogenados (ureia e creatinina) e potássio de
forma lenta.

Como o Hemolenta funciona?


A hemodiálise é um procedimento para a remoção de produtos
nitrogenados resultantes do catabolismo proteico, de substâncias
tóxicas e seus metabólitos, os quais são normalmente excretados
pelos rins e pode ser utilizada para auxiliar na regulação dos
fluidos e certos distúrbios eletrolíticos.

A hemodiálise veno-venosa contínua é um tipo de terapia de
substituição renal contínua, recomendada para pacientes
hemodinamicamente instáveis ou em quadro de choque instalado.

Para a utilização da solução dialisante nos procedimentos de
hemodiálise veno-venosa contínua (CVVHD) é obrigatória a presença
do agente tamponante (preferencialmente o bicarbonato) e dos íons
sódio, cloreto e magnésio. Sendo assim, é recomendada a aditivação
da solução de Hemolenta (imediatamente antes do uso) com agente
tamponante (bicarbonato), sódio e cálcio (ex: solução de
bicarbonato de sódio a 3%, 8,4% e 10% e solução de gluconato de
cálcio a 10%), porém sempre de acordo com a prescrição do médico
especialista, de modo que a concentração final da solução
dialisante esteja dentro da especificação recomendada, isto é, em
concentrações similares aos níveis plasmáticos fisiológicos.

Se necessário, o médico especialista poderá prescrever a adição
de cloreto, magnésio, potássio e/ou glicose à solução de Hemolenta,
de acordo com o estado clínico de cada paciente, entretanto, não é
uma condição obrigatória para todos os casos.

A solução dialisante (Hemolenta após aditivação) deve funcionar
como uma extensão temporária do fluido extracelular do paciente,
possibilitando a depuração e a manutenção do equilíbrio iônico do
sangue.

Contraindicação do Hemolenta

Após a aditivação obrigatória de Hemolenta, não utilizar a
solução se houver qualquer intolerância aos componentes presentes
na fórmula.

Este medicamento não deve ser utilizado sem aditivação
prévia.

Categoria C: Este medicamento não deve ser utilizado por
mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu
médico em caso de suspeita de gravidez.

Como usar o Hemolenta

Hemolenta é uma solução eletrolítica base para a composição da
solução dialisante, estéril e apirogênica.

Após a sua aditivação obrigatória com agente tamponante
(preferencialmente o bicarbonato), sódio e cálcio (e se necessário,
cloreto, magnésio, potássio e/ou glicose), esta solução deve ser
utilizada em condições assépticas apenas por profissionais médicos
especializados em procedimentos de hemodiálise veno-venosa contínua
(CVVHD).

A concentração do agente tamponante (bicarbonato), sódio e
cálcio a ser adicionada à solução de Hemolenta, além da
concentração de cloreto, magnésio, potássio e/ou glicose a serem
adicionados (se necessário), ficará à critério do médico
especialista de acordo com o estado clínico de cada paciente,
considerando a especificação final da solução dialisante (conforme
tabela apresentada nesta bula).

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu
médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o
Hemolenta?


A utilização deste medicamento será em ambiente hospitalar,
orientado e executado por profissionais médicos especializados e
não dependerá da conduta do paciente.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico.

Precauções do Hemolenta

Hemolenta não apresentará a eficácia desejada para a depuração e
manutenção do equilíbrio iônico do sangue, se utilizada sem
aditivação. Esta solução deve ser utilizada somente após aditivação
prévia obrigatória (imediatamente antes do uso), de modo a compor a
solução dialisante a ser utilizada em procedimentos de hemodiálise
veno-venosa contínua (CVVHD).

Isto se deve à redução potencial da concentração sanguínea de
alguns destes medicamentos durante o procedimento de hemodiálise. O
seu médico deverá aconselhá-lo sobre possíveis alterações no uso da
medicação.

Se receber tratamento com medicamentos digitálicos devido à
problemas cardíacos, a alteração da concentração de eletrólitos no
sangue poderá levar a sintomas de sobrecarga digitálica. Isto
acontece especialmente se o nível de digitálicos no sangue for
superior ao normalmente previsto.

Reações Adversas do Hemolenta

A solução de Hemolenta (após aditivação) pode causar os
seguintes efeitos adversos:

  • Alterações nas concentrações eletrolíticas no sangue
    (distúrbios eletrolíticos);
  • Hipopotassemia (hipocalemia), principalmente se o médico
    especialista optar pela não adição de potássio à solução.

Os possíveis efeitos adversos provocados pelo processo
de hemodiálise, agrupados de acordo com a frequência de ocorrência
e o sistema acometido, são:

Reações muito comuns (gt; 10%)

Cardiovascular

Queda da pressão arterial.

Reações muito comuns (entre 1 e 10%)

Hematológico

Sangramentos.

Cardiovascular

Arritmias cardíacas.

Geral

Redução da temperatura do corpo (hipotermia).

Reações com frequência não estabelecida

Renal

Alteração das concentrações de sais do corpo e do pH do
sangue.

Endócrino

Queda ou elevação da glicose no sangue.

Gastrintestinal

Náuseas, vômitos.

Musculoesquelético

Cãibras.

Hematológico

Formação de coágulos no sistema de diálise.

Cardiovascular

Entrada de ar no sangue pelo sistema de diálise (embolia
gasosa).

Pele

Infecção no local de entrada do cateter, com possibilidade de se
estender à corrente sanguínea.

Informe ao seu médico ou farmacêutico o aparecimento de
reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também a empresa através do seu serviço de
atendimento.

Atenção:

este produto é um medicamento que possui nova associação
farmacêutica no país, e embora as pesquisas tenham indicado
eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado
corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou
desconhecidos. Nesse caso, notifique os eventos adversos pelo
Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA,

Hemolenta, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Hemolenta Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #7311
    Anônimo
    Convidado

    Hemolenta Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Hemolenta Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top