Glucoreumin Bula

Glucoreumin

Como o Glucoreumin funciona?

Glucoreumin é um medicamento que age sobre a cartilagem que
reveste as articulações fazendo com que o
processo degenerativo aconteça mais lentamente. Desta maneira,
Glucoreumin causa a diminuição da dor e da limitação dos
movimentos, sintomas que geralmente acontecem em doenças que
atingem a cartilagem.

Contraindicação do Glucoreumin

Você não deve usar Glucoreumin se apresentar uma das situações
abaixo:

  • Alergia à glicosamina ou a qualquer componente da
    formulação;
  • Fenilcetonúria.

Glucoreumin não deve ser administrado por pacientes alérgicos a
crustáceos, visto que o princípio ativo é sintetizado a partir de
crustáceos.

Como usar o Glucoreumin

Glucoreumin deve ser administrado por via oral.

Consumir 1 sachê por dia ou segundo indicação médica.

A duração do tratamento fica a critério do médico.

Modo de usar

Dissolva o conteúdo de 1 sache de Glucoreumin, com o auxílio de
uma colher, em 1 copo d´água à temperatura ambiente.

A solução obtida deve ser tomada logo após o seu preparo, de
preferência durante as refeições. Não guarde a solução obtida para
uso posterior.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu
médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o
Glucoreumin?

Caso haja esquecimento na tomada da dose diária, continuar o
tratamento no dia seguinte e tomar apenas o conteúdo de
um sachê por dia.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico.

Precauções do Glucoreumin

Você deve usar Glucoreumin com cuidado se apresentar uma
das situações abaixo:

  • Distúrbios gastrointestinais (na região do estômago e
    intestino);
  • História de úlcera gástrica (no estômago) ou intestinal;
  • Diabetes mellitus;
  • Insuficiência renal e hepática (problemas nos rins e
    fígado).

Se você apresentar úlcera péptica (úlcera na mucosa do estômago
ou duodeno) ou sangramento gastrointestinal durante
o tratamento, informe imediatamente seu médico. Poderá ser
necessária a suspensão do uso de Glucoreumin.

Você deve evitar ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento
com Glucoreumin.

O sódio contido no Glucoreumin (151 mg ) deve ser levado em
consideração em pacientes que adotam dieta controlada em sódio.

Informe ao seu médico se você está fazendo uso de algum
outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento de seu médico.
Pode ser perigoso para a sua saúde.

Reações Adversas do Glucoreumin

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que
utilizam este medicamento)

  • Cefaleia (dor de cabeça), sonolência, cansaço, diarreia,
    constipação (prisão de ventre), náusea, flatulência (desconforto
    gástrico), dor abdominal e dispepsia (dificuldade de
    digestão).

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que
utilizam este medicamento)

  • Rubor, eritema, edema/edema periférico, prurido e “rash”
    cutâneo.

As reações com frequência desconhecidas
são:

  • Reações alérgicas (hipersensibilidade), controle inadequado do
    diabetes, insonia, arritmia cardiáca (ex. taquicardia), asma ou
    agravamento da asma, icterícia, angioedema, urticária, vertigem,
    distúrbios visuais, vomito, elevação das enzimas hepáticas, aumento
    da glicemia, aumento da pressão sanguinea.

Informe ao seu médico ou farmacêutico o aparecimento de
reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a
empresa através do seu serviço de atendimento.

População Especial do Glucoreumin

Asma

Em pacientes asmáticos Glucoreumin deve ser administrado com
cautela visto que estes pacientes podem ser mais susceptíveis a
desenvolver reações alérgicas ao sulfato de glicosamina com
possível exacerbação dos sintomas.

Diabéticos

Recomenda-se cautela no tratamento em pacientes com tolerância a
glicose comprometida. Acompanhamento mais próximo dos níveis de
açúcar no sangue se faz necessário em pacientes diabéticos no
início do tratamento.

Gravidez e lactação

Informe o seu médico caso esteja amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Composição do Glucoreumin

Cada sachê com 3,95 g contém 1,5 g de sulfato de
glicosamina (equivalente a 1,884 g de sulfato de glicosamina
cristalino). 

Excipientes q.s.p 1 sachê:

aspartame, polietilenoglicol, ácido cítrico, sorbitol.

Superdosagem do Glucoreumin

Não é conhecido antídoto específico para este medicamento. Em
caso de superdosagem recomendam-se as medidas de suporte
clínico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível. Em caso de intoxicação ligue para 0800
722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como
proceder.

Informe-se também com o SAC Zambon (0800 017 7011 ou

Glucoreumin, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Glucoreumin Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #7097
    Anônimo
    Convidado

    Glucoreumin Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Glucoreumin Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top