Eutramix Bula

Eutramix

As soluções de Eutramix são indicadas aos pacientes que
necessitam manter ou restaurar o volume e a composição normal dos
líquidos corporais.

A escolha do médico especialista por Eutramix 0,4 (0,4% de
cloreto de sódio), 0,6 (0,6% de cloreto de sódio) ou 0,8 (0,8% de
cloreto de sódio) estará diretamente relacionada à necessidade de
hidratação, objetivando o fornecimento de aporte calórico e a
manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico do paciente.

Como o Eutramix funciona?


Eutramix 0,4, 0,6 e 0,8 são soluções de manutenção que
proporcionam a reposição das perdas de água, sódio e potássio que
ocorrem pela urina e fezes e a perda de água pela pele e pulmões. A
glicose (monoidratada) a 5% fornece 170 kcal/L (1 g = 3,4 kcal), ou
seja, aproximadamente, 20% das necessidades calóricas normais do
paciente. Isto é suficiente para impedir que ocorra cetose
relacionada à cetoacidose do jejum e para diminuir a degradação
protéica que ocorre quando o paciente não recebe calorias. A
glicose também provê a adição de osmóis, evitando assim a
administração de líquidos hipotônicos que possam causar
hemólise.

O potássio está sob a forma de cloreto de potássio na
concentração de 25,6 mEq/L, dentro das concentrações usuais
comumente utilizadas de 10 a 40 mEq/L. O objetivo é evitar a
hipocalemia com a reposição da perda que ocorreu pela urina e
fezes. O sódio está sob a forma de cloreto de sódio nas
concentrações de 0,4, 0,6 e 0,8%, dentro das concentrações usuais
comumente utilizadas de 0,2 a 0,9%. A quantidade de cloreto de
sódio em cada formulação varia de acordo com a necessidade de
hidratação do paciente e permite a reposição de déficits e
manutenção de fluidos corpóreos. A água é fundamental para repor as
perdas obrigatórias da urina, fezes, pele e pulmões.

Contraindicação do Eutramix

Não utilizar estas soluções com cloreto de potássio em glicose
monoidratada e cloreto de sódio se houver qualquer intolerância aos
componentes da fórmula.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Como usar o Eutramix

Eutramix 0,4; 0,6 e 0,8 são soluções estéreis, apirogênicas e
devem ter uso intravenoso e individualizado.

A dosagem deve ser determinada por um médico e é dependente da
idade, do peso, das condições clínicas do paciente e das
determinações em laboratório.

Estas soluções são acondicionadas em bolsas em

sistema fechado para administração intravenosa usando equipo
estéril.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o
tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o
Eutramix?


A utilização deste medicamento será em ambiente hospitalar,
orientado e executado por profissionais especializados e não
dependerá da conduta do paciente.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções do Eutramix

Informe o seu médico se estiver tomando ou tiver tomado
recentemente outros medicamentos. O seu médico deverá aconselhá-lo
sobre possíveis alterações no uso da medicação.

Atenção:

Este medicamento contém glicose, portanto, deve ser usado com
cautela em portadores de diabetes.

Reações Adversas do Eutramix

As reações adversas podem ocorrer devido à solução ou à
técnica de administração e incluem:

  • Resposta febril.
  • Infecção no ponto de injeção.
  • Trombose venosa ou flebite (processo inflamatório na parede da
    veia).
  • Irradiando-se a partir do ponto de injeção.
  • Extravasamento.
  • Hipervolemia.

A infusão intravenosa pode conduzir ao desenvolvimento de
distúrbios hídricos e eletrolíticos. Os sintomas podem resultar de
excesso ou déficit de um ou mais íons presentes na solução,
portanto, é essencial a monitorização freqüente dos níveis de
eletrólitos.

Hipernatremia (excesso na concentração de sódio no sangue) pode
estar associada a edema e exacerbação de insuficiência cardíaca
congestiva, devido à retenção de água, resultando em um volume de
líquido extracelular expandido.

Reações relatadas com o uso de soluções contendo
potássio incluem:

  • Náuseas.
  • Vómitos.
  • Dor abdominal.
  • Diarréia.

Os sinais e sintomas de intoxicação de potássio
incluem:

  • Parestesias (sensações cutâneas subjetivas, por exemplo:
    formigamento, frio, calor) das extremidades.
  • Arreflexia (ausência de reflexos).
  • Paralisia muscular ou respiratória.
  • Confusão mental.
  • Fraqueza,
  • Hipotensão.
  • Arritmias cardíacas.
  • Bloqueio cardíaco.
  • Alterações eletrocardiográficas.
  • Parada cardíaca.

Déficit de potássio pode resultar em ruptura da função
neuromuscular, íleo intestinal e dilatação. Se infundido em grandes
quantidades (volumes de hidratação superiores a 2-3 litros por dia)
íons cloreto podem ocasionar uma perda de íons bicarbonato,
resultando em um efeito acidificante, particularmente em pacientes
portadores de patologia aguda e crônica renal. Se houver efeitos
adversos não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou
farmacêutico.

Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as
pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo
que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos
adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, informe seu
médico ou cirurgião-dentista.

População Especial do Eutramix

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Composição do Eutramix

Apresentação

Eutramix 0,4

É apresentado sob a forma de solução injetável para reposição
eletrolítica e energética com cloreto de potássio 0,191%, glicose
monoidratada 5,000% e cloreto de sódio 0,400% em bolsa plástica de
polipropileno transparente sistema fechado com 1000 ml.

Eutramix 0,6

É apresentado sob a forma de solução injetável para reposição
eletrolítica e energética com cloreto de potássio 0,191%, glicose
monoidratada 5,000% e cloreto de sódio 0,600% em bolsa plástica de
polipropileno transparente sistema fechado com 1000 ml.

Eutramix 0,8

É apresentado sob a forma de solução injetável para reposição
eletrolítica e energética com cloreto de potássio 0,191%, glicose
monoidratada 5,000% e cloreto de sódio 0,800% em bolsa plástica de
polipropileno transparente sistema fechado com 1000 ml.

Composição

Cada 100 ml da solução para reposição eletrolítica e
energética com cloreto de potássio, gilcose monoidratada e cloreto
de sódio contém:

A solução contém em mEq por litro: 

Superdosagem do Eutramix

No caso de sobredosagem de fluidos ou solutos durante a terapia
parenteral, o médico deverá reavaliar as condições do paciente,
tomar as medidas corretivas necessárias e ajustar a dose.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você
precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa do Eutramix

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está
fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use este medicamento sem o conhecimento do seu
médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Ação da Substância Eutramix

Resultados de eficácia

A partir de sua introdução, a terapia de re-hidratação oral
(TRO) tornou-se rapidamente fundamental para o controle das doenças
diarreicas, reduzindo a taxa de mortalidade devida a diarreia em
crianças menores de 5 anos de gt;5 milhões em 1978 para 1,3
milhões. Em uma revisão sistemática de 14 estudos clínicos
controlados e randomizados comparando a TRO e a terapia intravenosa
para o controle da desidratação secundária a gastrenterite aguda em
crianças verificou-se que não existem diferenças estatisticamente
significativas em termos de eficácia e segurança entre a TRO e a
terapia intravenosa.

Para cada 25 crianças tratadas com TRO pode ocorrer um insucesso
que requeira a terapia intravenosa (IC de 95%: 20-50). Estes
resultados confirmam as recomendações práticas existentes para uso
da TRO como de primeira escolha de tratamento em crianças com
desidratação secundária a gastrenterites. Um estudo multicêntrico,
duplo-cego e randomizado conduzido em cinco países com 675 crianças
de 1 a 24 meses de idade com diarreia aguda comparou a TRO (334
pacientes) com as soluções de baixa osmolaridade (341 casos) e
concluiu que os resultados obtidos em relação à quantidade de fezes
em 24 horas e durante o período do estudo, o número de vômitos e a
duração da diarreia foram comparáveis, sem diferenças
estatisticamente significativas, comprovando a eficácia da TRO nas
diarreias agudas de crianças.

Características Farmacológicas

As soluções para terapia de re-hidratação oral (TRO) são
misturas de sais e carbo-hidratos, dissolvidos em quantidades
adequadas de água, que servem, dependendo da composição
eletrolítica, para prevenção da desidratação, para reposição das
perdas acumuladas de água e eletrólitos (re-hidratação), ou para
manutenção da hidratação (após a fase de rehidratação), em quadros
de doença diarreica aguda de qualquer etiologia.

Propriedades farmacodinâmicas

Glicose + Cloreto de Sódio + Potássio (substância ativa) é um
medicamento cuja composição permite repor a água corporal e
eletrólitos (principalmente sódio, potássio, cloreto, citrato)
perdidos durante episódios de diarreia aguda, com ou sem vômitos,
em crianças e adultos. Corrigem-se assim os desequilíbrios
hidroeletrolítico e ácido-básico.

Propriedades farmacocinéticas

Absorção:

A água e os eletrólitos são absorvidos através das células da
mucosa da luz intestinal para os vasos mesentéricos. A maior parte
da absorção ocorre no intestino delgado superior (duodeno e
jejuno). O principal mecanismo de absorção de sódio é o acoplamento
com a glicose, por meio de um sistema ativo de transporte de
membrana. O movimento de absorção de sódio e glicose atrai por
força osmótica grande quantidade de água.

Distribuição:

Sódio, potássio, cloreto, citrato (ou base equivalente) e outros
eletrólitos distribuem-se no plasma sanguíneo, no líquido
intersticial e no líquido intracelular, locais onde ocorre
espoliação pela doença diarreica aguda.

Ligação às proteínas:

Os eletrólitos e os carbo-hidratos não se ligam às proteínas
plasmáticas.

Biotransformação:

Os eletrólitos não sofrem biotransformação. Os carboidratos
(glicose) são metabolizados em diversos tecidos, por meio de
sistemas enzimáticos, para produção de energia (ATP), para obtenção
de metabólitos intermediários em vários processos de biossíntese,
ou são armazenados na forma de glicogênio.

Meia-vida:

Não é possível determinar a meia-vida desses eletrólitos e
carbo-hidratos, já que fazem parte da constituição normal do
organismo.

Tempo até atingir a concentração máxima
(Tmax):

A concentração máxima é atingida quando o organismo recupera os
níveis fisiológicos de água e eletrólitos. Normalmente, esses
níveis fisiológicos são recuperados em um período de até seis
horas, que é a duração habitual da fase de re-hidratação. Nas 24 a
48 horas seguintes, durante a fase de manutenção, completa-se a
recuperação de qualquer déficit hidroeletrolítico residual.

Concentração terapêutica:

Corresponde aos níveis normais dos diversos sais e eletrólitos
no organismo.

Duração da ação:

Os componentes das soluções para TRO são incorporados ao
organismo, não se podendo, assim, determinar a duração de sua ação
específica.

Eliminação:

Água, sais e eletrólitos são eliminados com todos os líquidos,
secreções e excreções em concentrações dependentes do material
eliminado e da regulação fisiológica do organismo.

Cuidados de Armazenamento do Eutramix

Não utilizar se houver turvação, filamentos ou violação do
recipiente. Observar contra a luz antes de usar.

A exposição de produtos farmacêuticos ao calor deve ser evitada.
O produto deve ser armazenado em temperatura ambiente entre 15°C e
30°C.

Após aberto este medicamento deve ser utilizado imediatamente e
não deve ser armazenado, pois sua esterilidade fica
prejudicada.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide
embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas do
produto

Eutramix é apresentado sob a forma de um líquido límpido,
incolor e isento de partículas visíveis a olho nu.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso
ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no
aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá
utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Eutramix

MS – 1.0043.1070

Responsável Técnica:

Dra. Maria Benedita Pereira
CRF-SP 30.378

Fabricado por:

Eurofarma laboratórios s.a.
Avenida Presidente Castelo Branco
1385 Ribeirão Preto – SP

Registrado por:

Eurofarma laboratórios s.a.
Av. Vereador José Diniz
3.465 – São Paulo – SP
CNPJ: 61.190.096/0001-92
Indústria brasileira.

Central de atendimento Eurofarma

0800 704 3876

Uso restrito a hospitais – venda sob prescrição
médica.

Eutramix, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Eutramix Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #5873
    Anônimo
    Convidado

    Eutramix Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Eutramix Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top