Dimenidrinato Cloridrato De Piridoxina Multilab Bula

Dimenidrinato Cloridrato De Piridoxina Multilab

  • Náuseas e vômitos da gravidez.
  • Náuseas, vômitos e tonturas causados pela doença do movimento –
    cinetose.
  • Náuseas e vômitos pós-tratamentos radioterápicos e em pré e
    pós-operatórios, incluindo vômitos pós-cirurgias do trato
    gastrintestinal.

No controle profilático e na terapêutica da crise aguda dos
transtornos da função vestibular e ou vertiginosos, de origem
central ou periférica, incluindo labirintites.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Dramin® B6.

Contraindicação do Dimenidrinato + Cloridrato De
Piridoxina – Multilab

Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

O dimenidrinato é contraindicado para pacientes porfíricos.

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância ativa)
comprimido revestido é contraindicado para menores de 12 anos.

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância ativa)
solução oral (gotas) é contraindicado para menores de 2 anos.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Dramin® B6.

Como usar o Dimenidrinato + Cloridrato De Piridoxina –
Multilab

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância ativa) pode
ser administrado imediatamente antes ou durante as refeições.
Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância ativa)
comprimido revestido deve ser deglutido com quantidade de água
suficiente.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Dramin® B6.

Posologia do Dimenidrinato + Cloridrato de
Piridoxina


A posologia é de 1,25 mg de dimenidrinato/kg de peso corporal. A
posologia diária máxima recomendada para é de 75 mg/dia para
crianças menores de 6 anos , de 150 mg para crianças de 6 a 12 anos
e de 400 mg para adultos acima de 12 anos.

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância
ativa) comprimido revestido

Adultos acima de 12 anos

1 a 2 comprimidos (50 a 100 mg de dimenidrinato), a cada 4
horas, não excedendo 400 mg de dimenidrinato nas 24 horas.

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância
ativa) solução oral (gotas)

Adultos e crianças a partir de 2 anos de
idade

1 gota/kg de peso corporal (equivalente a 1,25 mg de
dimenidrinato/kg).

Ou a critério médico, não excedendo a dose máxima
diária, conforme a tabela abaixo:

Faixa etária

Posologia e Freqüência

Crianças de 2 a 6 anos

1 gota/kg a cada 6 a 8 horas, não
excedendo 60 gotas (75 mg) em 24 horas

Crianças de 6 a 12 anos

1 gota/kg a cada 6 a 8 horas, não
excedendo 120 gotas (150 mg) em 24 horas

Adultos acima de 12 anos

1 gota/kg a cada 4 a 6 horas, não
excedendo 320 gotas (400 mg) em 24 horas

Não administre medicamentos diretamente na boca das crianças,
utilize uma colher para pingar as gotinhas.

Atenção: o frasco de Dimenidrinato + Cloridrato de
Piridoxina (substância ativa) solução oral (gotas) vem acompanhado
de uma tampa de segurança e um gotejador de fácil
manuseio.

Modo de Abertura

  1. Gire a tampa no sentido anti-horário.

Modo de gotejamento

  1. Vire o frasco, mantendo-o na posição vertical. Para começar o
    gotejamento, bater levemente com o dedo no fundo do frasco.

Em caso de viagem, Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina
(substância ativa) deve ser utilizado de maneira preventiva, com
pelo menos meia hora de antecedência.

Na insuficiência hepática: deve ser considerada redução da dose
em pacientes com insuficiência hepática aguda, uma vez que o
dimenidrinato é intensamente metabolizado pelo fígado.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Dramin® B6.

Precauções do Dimenidrinato + Cloridrato De Piridoxina –
Multilab

Como o produto pode causar sonolência, recomenda-se cuidado no
manejo de automóveis e máquinas. Recomenda-se não utilizar o
produto quando da ingestão de álcool, sedativos e tranqüilizantes,
pois o dimenidrinato pode potencializar os efeitos neurológicos
dessas substâncias.

Cuidados devem ser observados em pacientes asmáticos, com
glaucoma, enfisema, doença pulmonar crônica, dispnéia e retenção
urinária (condições que podem ser agravadas pela atividade
anticolinérgica).

Em pacientes com insuficiência hepática aguda, deve ser
considerada redução da dose, uma vez que o dimenidrinato é
intensamente metabolizado pelo fígado.

O dimenidrinato pode mascarar os sintomas de ototoxicidade
secundária ao uso de drogas ototóxicas. Pode ainda exacerbar
desordens convulsivas.

Pertencendo ao grupo dos anti-histamínicos, o dimenidrinato pode
ocasionar, tanto em adultos como em crianças, uma diminuição na
acuidade mental e, particularmente em crianças pequenas,
excitação.

Gravidez e lactação

O dimenidrinato é considerado seguro para uso durante a
lactação. Assim como outros antagonistas H1, o dimenidrinato é
excretado no leite materno em quantidades mensuráveis. Entretanto,
não há dados avaliando os efeitos do fármaco em lactentes de mães
em uso da medicação. Em geral, os anti-histamínicos são
relativamente seguros para administração no período de lactação, no
entanto é o médico quem deve avaliar a necessidade do seu uso, da
suspensão do uso da medicação ou da interrupção da amamentação.

Categoria B de Risco na Gravidez – Este medicamento não
deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou
do cirurgião-dentista.

Pacientes pediátricos

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância ativa)
comprimidos revestidos não deve ser administrado a crianças menores
de 12 anos.

Dimenidrinato + Cloridrato de Piridoxina (substância ativa)
solução oral (Gotas) não deve ser administrado a menores de 2
anos.

Pacientes idosos

Não existem restrições ou cuidados especiais quanto ao uso do
produto por pacientes idosos. Portanto, eles devem utilizar dose
semelhante à dose dos adultos acima de 12 anos.

Insuficiência renal

Não é necessária redução da dose na disfunção renal, uma vez que
pouco ou nenhum fármaco é excretado inalterado pela urina.

Insuficiência hepática

Deve ser considerada redução da dose em pacientes com
insuficiência hepática aguda, uma vez que o dimenidrinato é
intensamente metabolizado pelo fígado.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento
Dramin® B6.

Reações Adversas do Dimenidrinato + Cloridrato De
Piridoxina – Multilab

Reação muito comum (gt; 1/10)

Sedação e sonolência.

Reação comum (gt; 1/100 e lt; 1/10)

Cefaléia.

Reação muito rara (lt; 1/10.000)

Relatos isolados de erupção cutânea fixa e púrpura
anafilática

O dimenidrinato pertence a uma classe de anti-histamínicos que
também pode causar efeitos anti-muscarínicos, como por exemplo,
visão turva, boca seca e retenção urinária. Outras reações adversas
que podem ser causadas por esta classe de medicamentos são:
tontura, insônia e irritabilidade. Porém, especificamente para o
dimenidrinato, a documentação de tais sintomas na literatura
científica é pobre ou inexistente.

Em caso de eventos adversos, notifique ao Sistema de
Notificações em Vigilância Sanitária – Notivisa, disponível em

Dimenidrinato-Cloridrato-De-Piridoxina-Multilab, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Dimenidrinato Cloridrato De Piridoxina Multilab Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top