Agarol Bula

Agarol

Contraindicação do Agarol

Hipersensibilidade a substâncias do grupo triarilmetano ou a
qualquer componente da fórmula.
Contra-indicado nos casos de colopatias orgânicas complementares
(enfermidades de Crohn, retocolite ulcerativa), síndrome oclusiva e
suboclusiva, síndromes dolorosas e abdominais sem diagnóstico e a
pacientes com quadros abdominais agudos (por ex. obstrução
intestinal).
Os laxativos são contra-indicados quando houver suspeita de
apendicite ou sangramento retal não diagnosticado. O óleo mineral
não é recomendado para pacientes com disfagia, idosos ou pacientes
acamados, uma vez que a aspiração de gotículas, que pode produzir
pneumonia lipídica. Sendo administrado ao deitar-se, o paciente não
deve estar reclinado para evitar a aspiração de gotículas de óleo
mineral.

Como usar o Agarol

Uso em Adultos e Crianças Maiores de 12 anos: ½ a 2 colheres de
sopa (7,5 a 30 mL) ao deitar-se.
Uso em Pacientes Idosos: as mesmas orientações dadas aos pacientes
adultos devem ser observadas para os pacientes idosos,
considerando-se as contra-indicações, advertências e precauções,
interações medicamentosas e reações adversas.

Precauções do Agarol

O tratamento medicamentoso da constipação não é mais que um
adjuvante do tratamento higiênico dietético. Os laxativos não devem
ser administrados ininterruptamente por períodos superiores a 1
semana, exceto por aconselhamento médico. Não devem ser
administrados em intervalos inferiores a 2 horas antes ou depois da
administração de outros medicamentos. O uso excessivo de laxantes
pode provocar situação de “dependência” que requer a ingestão
regular de laxantes, sendo necessário o aumento da posologia em
caso de constipação grave; Pode provocar também “enfermidade dos
laxantes” com colopatia funcional grave, melanose reto-colônica e
alterações hidroeletrolíticas com hipocalemia. A administração de
laxantes sem recomendação médica não é indicada em casos de dores
abdominais, estomacais, náuseas ou vômitos. Agarol não deve ser
administrado num intervalo inferior a 2 horas das refeições pois o
óleo mineral pode interferir na absorção de nutrientes e
vitaminas.Os principais sintomas do uso abusivo do óleo mineral
incluem: diarréia crônica, vômito, dor abdominal, sensação de
fadiga, sede, fraqueza, edema, dor óssea resultante de osteomalácia
e perda de peso. O uso repetido de óleo mineral pode levar a uma
diminuição da absorção de alimentos, vitaminas lipossolúveis e
algumas medicações via oral (vide “Interações Medicamentosas”). O
óleo mineral pode também reduzir o efeito terapêutico do estrógeno.
Atenção: este medicamento contém açúcar, portanto, deve ser usado
com cautela em diabéticos.

Reações Adversas do Agarol

Agarol pode provocar dores abdominais (mal-estar abdominal tipo
cólica) ou diarréia, especialmente em pacientes com síndrome de
cólon irritável. Por interferir na absorção de anticoagulantes
orais e diminuir a absorção de vitamina K, o óleo mineral pode
levar a um aumento dos efeitos anticoagulantes. O óleo mineral
também pode levar a uma irritação da pele ao redor da área retal.
Durante o período pós-comercialização, foram relatados eventos
adversos de intensidade leve, predominantemente relacionados a pele
e ao sistema digestivo, ou menos freqüentemente, eventos adversos
sérios, os quais foram resolvidos. Em casos de dores abdominais,
náuseas, vômito ou outros sintomas digestivos, suspender o
tratamento e consultar um médico.

População Especial do Agarol

Uso durante a Gravidez:
Como ocorre com todos os fármacos, Agarol® poderá ser utilizado
durante a gravidez somente sob estrita orientação médica, se o
potencial benefício justificar o potencial risco para o feto. Uma
vez que o uso repetido de óleo mineral diminui a absorção de
alimentos, vitaminas lipossolúveis e alguns medicamentos de uso
oral, pode ocorrer hipoprotrombinemia ou doença hemorrágica do
neonato, se usado durante a gravidez.
Uso durante a Lactação:
Embora as investigações não tenham demonstrado a presença do
medicamento no leite materno, o uso de Agarol não é recomendado
durante a lactação.

Riscos do Agarol

Não use este medicamento em caso de doenças intestinais
graves.

Superdosagem do Agarol

O uso prolongado ou uma superdosagem podem provocar diarréia com
perda excessiva de água e eletrólitos, particularmente potássio,
como também desenvolvimento de cólon atônico não funcionante. Logo
após a ingestão de altas doses de Agarol®, sua absorção pode ser
minimizada ou prevenida através de lavagem gástrica ou indução de
vômito. Eventualmente podem ser necessários reposição de líquidos e
correção de desequilíbrio eletrolítico. Esta medida é
particularmente importante nos pacientes mais idosos, assim como
nos mais jovens. A administração de antiespasmódicos pode ser
útil.

Interação Medicamentosa do Agarol

O uso concomitante de diuréticos ou adrenocorticosteroides pode
aumentar o risco de desequilíbrio eletrolítico, se forem utilizadas
doses excessivas de Picossulfato de Sódio (substância ativa).

O desequilíbrio eletrolítico pode levar a aumento da
sensibilidade aos glicosídeos cardíacos.

A administração concomitante de antibióticos pode reduzir a ação
laxativa de Picossulfato de Sódio (substância ativa).

Ação da Substância Agarol

Resultados de eficácia

Em estudo randomizado, multicêntrico, duplo-cego e controlado
por placebo para avaliar a eficácia e segurança do picossulfato de
sódio, 57 pacientes portadores de constipação crônica por pelo
menos três meses foram submetidos a tratamento por três noites
consecutivas.

Ficou demonstrado que o grupo tratado com picossulfato de sódio
7 mg/noite obteve respostas terapêuticas (82,8%) estatisticamente
superiores aos do grupo tratado com placebo (50%) quanto à melhora
da frequência e menor esforço para evacuar (p=0,010), e com menor
ocorrência de distensão abdominal.

Características farmacológicas

Farmacodinâmica

O Picossulfato de Sódio, é um laxativo de contato pertencente ao
grupo triarilmetano, que, após a clivagem bacteriana no cólon,
estimula a mucosa do intestino grosso provocando peristaltismo do
cólon e promove o acúmulo de água e, consequentemente, de
eletrólitos no lúmen do cólon.

Isto resulta em estímulo da defecação, redução do tempo de
trânsito intestinal e amolecimento das fezes.

Sendo um laxativo que atua no cólon, o picossulfato de sódio
estimula especificamente o processo de evacuação natural na região
mais baixa do trato gastrointestinal.

Dessa maneira, o picossulfato de sódio é ineficaz na alteração
da digestão ou da absorção de calorias ou nutrientes essenciais no
intestino delgado.

Farmacocinética

Absorção e distribuição

Após administração oral, o picossulfato de sódio atinge o cólon
sem absorção importante, evitando assim a circulação
entero-hepática.

Biotransformação

O picossulfato de sódio é convertido no composto laxativo ativo
bis-(p-hidroxifenil)- piridil-2-metano (BHPM) por clivagem
bacteriana no segmento distal do intestino.

Eliminação

Após a conversão, somente pequenas quantidades de BHPM são
adsorvidas e são quase completamente conjugadas na parede do
intestino e no fígado para formar o BHPM glicuronídeo.

Após 48 horas da administração oral de 10 mg de
picossulfato de sódio, 10,4% do total da dose foi excretada na
urina na forma de BHPM glicuronídeo.

Em geral, a excreção na urina diminui quando altas doses de
picossulfato de sódio estão sendo administradas.

Relação farmacocinética/farmacodinâmica

Consequentemente, o início da ação ocorre geralmente entre 6 a
12 horas, o que é determinado pela liberação da substância ativa
(BHPM).

Não existe relação direta ou inversa entre o efeito laxativo e
os níveis plasmáticos da porção ativa.

Dizeres Legais do Agarol

Fernanda P. Runha – CRF-SP n° 29.761

Agarol, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #423
    Anônimo
    Convidado

    Agarol Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Agarol Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top