Afbm Bula

Afbm

Contraindicação do Afbm

Este medicamento é contraindicado para pacientes que apresentam
hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da formulação;
para pacientes com hipervitaminose A ou em tratamento com
retinoides.

Este medicamento é contraindicado para menores de 14
anos.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às
mulheres grávidas, este medicamento apresenta a categoria de risco
X.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas ou que possam ficar grávidas durante o
tratamento.

Como usar o Afbm

Uso oral. As cápsulas devem ser ingeridas inteiras e sem
mastigar com quantidade suficiente de água para que sejam
deglutidas.

Posologia

1 cápsula ao dia, ingerida durante ou após as refeições.

O tempo de tratamento é de dois a três meses.

Utilizar apenas a via oral. O uso deste medicamento por outra
via, que não a oral, pode causar a perda do efeito esperado ou
mesmo promover danos ao seu usuário.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou
mastigado.

Precauções do Afbm

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se
descontinuar o uso.

Não ingerir doses maiores que as recomendadas.

Se durante o tratamento de mulheres na fase fértil da vida a
menstruação atrasar, o uso de Piridoxina + Retinol + Tocoferol
(substância ativa) deverá ser imediatamente descontinuado.

Alguns dados sugerem que excessivas doses de vitamina E podem
retardar a resposta dos glóbulos vermelhos à suplementação de ferro
em casos de anemia em lactantes.

Em mulheres em fase de amamentação, a vitamina B6 provoca a
diminuição da produção de leite materno.

Piridoxina + Retinol + Tocoferol (substância ativa) deve ser
usado com cautela em pacientes com insuficiência renal crônica.

Não há restrições específicas para o uso de Piridoxina + Retinol
+ Tocoferol (substância ativa) em idosos e outros grupos especiais,
desde que observadas as contraindicações e advertências comuns ao
medicamento.

Este medicamento é contraindicado para menores de 14 anos.

A vitamina A em doses superiores à 10.000 UI/dia durante a
gestação pode causar teratogenicidade e embriotoxicidade.

Não há dados sobre a segurança da vitamina A durante o período
de lactação. O uso deve ser criterioso, devendo-se evitar uma dose
maior que 5.000 UI/dia de vitamina A.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às
mulheres grávidas, este medicamento apresenta a categoria de risco
X.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas ou que possam ficar grávidas durante o
tratamento.

Reações Adversas do Afbm

O uso de Piridoxina + Retinol + Tocoferol (substância
ativa) pode ocasionar como reações adversas os seguintes
sintomas:

Distúrbios Cutâneos

Reações alérgicas e erupção cutânea.

Distúrbios Endócrinos 

Perda de apetite.

Distúrbios Gastrintestinais

Diarreia, náusea, vômito, dor abdominal e cólicas
intestinais.

Distúrbios Musculares

Fadiga e fraqueza muscular.

Distúrbios do Sistema Nervoso

Cefaleia, sonolência e neuropatia sensorial.

Outros

Disfunção gonadal e creatinúria.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de
Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em

Afbm, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #411
    Anônimo
    Convidado

    Afbm Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Afbm Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top