Sulfato De Terbutalina Medley Bula

Sulfato de Terbutalina Medley

Como este medicamento funciona?


Melhora a falta de ar, bem como seu controle.

Contraindicação do Sulfato de Terbutalina –
Medley

É contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade
conhecida à terbutalina e a outro componentes da fórmula.

Como usar o Sulfato de Terbutalina – Medley

Atenção: Copo-medida de 10 ml.

Adultos:

3 – 4,5 mg (10 – 15 ml), 3 vezes ao dia.

Crianças:

0,075 mg (0,25 ml)/ kg, 3 vezes ao dia.

Peso Corporal (kg)

Dose

4

1 ml x 3

6

1,5 ml x 3

8

2 ml x 3

10

2,5 ml x 3

12

3 ml x 3

14

3,5 ml x 3

16

4 ml x 3

18

4,5 ml x 3

20

5 ml x 3

24

6 ml x 3

28

7 ml x 3

32

8 ml x 3

36

9 ml x 3

40

10 ml x 3

Cuidados de administração:

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários,
as doses e duração do tratamento.

Interrupção do tratamento:

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu
médico. 

Precauções do Sulfato de Terbutalina –
Medley

Em pacientes com tireotoxicose e com distúrbios cardiovasculares
graves, como cardiomiopatia hipertrófica, isquemia cardíaca,
taquidisritmia ou insuficiência cardíaca grave, como todo agonista
beta-2, deve ser administrado com cuidado e observação.

Devido ao risco de hiperglicemia dos agonistas beta-2,
recomenda-se fazer testes adicionais de glicemia em pacientes
diabéticos.

Hipocalemia potencialmente séria pode resultar da terapia com
agonistas beta-2. Cuidados especiais devem ser tomados em asma
aguda grave, pois o risco associado pode ser aumentado por
hipóxia.

O efeito hipocalêmico pode ser potencializado por tratamentos
concomitantes. É recomendado que os níveis séricos de potássio
sejam monitorados nestes casos.

Gravidez e Lactação:

Recomeda-se cuidado na administração durante o primeiro
trimestre de gravidez, apesar de não haver relatos sobre efeitos
teratogênicos da droga em humanos ou animais.

A terbutalina é excretada no leite materno, entretanto, nas
doses terapêuticas é improvável a influência na criança.

Como para qualquer droga, a terbutalina somente deve ser
utilizada durante a gravidez ou lactação mediante critério médico,
avaliando seu riscobenefício. Hipoglicemia transitória tem sido
relatada em bebês prematuros, após tratamento da mãe com agonistas
beta-2.

Paciente Idosos:

Não há informações disponíveis a respeito da relação entre a
idade e o efeito da terbutalina sobre pacientes idosos.

Atenção: Este medicamento contém açúcar, portanto, deve
ser usado com cautela em portadores de diabetes.

Reações Adversas do Sulfato de Terbutalina –
Medley

As aminas simpatomiméticas podem causar tremor, cefaléia,
cãibras musculares e palpitações. A maioria desses efeitos, quando
ocorrem, são espontaneamente reversíveis dentro das primeiras (1-2)
semanas de tratamento. Podem ocorrer urticária e exantema.
Distúrbio do sono e de comportamento como agitação, hiperatividade
e inquietação têm sido observados.

A intensidade das reações adversas depende da dose e via de
administração.

O produto é geralmente bem tolerado.

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis tais
como tremor, palpitação, dor-de-cabeça (em menor freqüência) e
cãibras musculares. Pode ocorrer diminuição dos níveis de potássio
no sangue.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Composição do Sulfato de Terbutalina –
Medley

Apresentação:

Xarope: 

Embalagem contendo frasco com 100 ml, acompanhado de copo-medida
de 10 ml.

Uso pediátrico ou adulto.

Composição:

Cada ml contém:

Sulfato de terbutalina

0,3 mg

Veículo* q.s.p.

1 ml

*Ácido cítrico, álcool etílico, aroma de framboesa, benzoato de
sódio, edetato dissódico, glicerol, mentol, sacarose e água
deionizada.

Superdosagem do Sulfato de Terbutalina – Medley

Possíveis sinais e sintomas:

Cefaléia, ansiedade, tremor, cãibras musculares, palpitações,
arritmia. Pode ocorrer queda da pressão sanguínea. Alterações
laboratoriais podem ocorrer como hiperglicemia e lactacidose.
Agonistas beta-2 podem causar hipocalemia como resultado da
redistribuição de potássio e, geralmente, não requer
tratamento.

Tratamento:

Normalmente, não é necessário nenhum tratamento. Se houver
suspeita de que quantidades significantes de terbutalina tenham
sido ingeridas, lavagem gástrica e administração de carvão ativado
deverão ser considerados. Determinar o balanço ácido-base, glicemia
e eletrólitos; monitorar o ritmo cardíaco e a pressão
sanguínea.

Drogas bloqueadoras de beta-receptores (em específico, agente
beta-bloqueador cardiosseletivo, como por exemplo o metoprolol) são
os melhores antídotos para a superdose de sulfato de terbutalina,
mas devem ser administradas com cautela em pacientes com histórias
de broncoespasmo.

Deve-se administrar um expansor de volume se a redução da
resistência vascular periférica mediada pelo beta-2 contribuir
significativamente para a queda da pressão sanguínea.

Interação Medicamentosa do Sulfato de Terbutalina –
Medley

Tratamento concomitante com derivados de xantina, esteróides e
diuréticos podem potencializar o efeito de hipocalemia dos
agonistas beta-2.

Os beta-bloqueadores, incluindo os colírios, especialmente
os não-seletivos, podem inibir parcial ou totalmente os efeitos dos
agonistas beta.

Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico. Pode
ser perigoso para a saúde.

Ação da Substância Sulfato de Terbutalina – Medley

Resultados de eficácia

Estudos demonstram a eficácia e segurança da terbutalina
administrada por via subcutânea na dose de 0,5 mg quando comparada
à epinefrina subcutânea em pacientes com asma. Depois de
controlar os fatores de exposição no ambiente, 28 pacientes
participaram de um estudo duplo-cego e cruzado durante 4 dias.
Todos os pacientes apresentaram respostas significativas às duas
doses de terbutalina e a epinefrina quando comparados com o placebo
[o volume de ar expirado em 1 segundo (FEV1) teve um aumento maior
que 15%].

Conclui-se que a terbutalina é tão eficaz quanto à epinefrina na
reversão do broncoespasmo e pode ser considerada como medicamento
de escolha para asmáticos. 

Injeções repetidas de terbutalina por via subcutânea nas doses
de 0,25 mg a 0,3 mg em cada 12 a 15 minutos foi eficaz no
tratamento da asma refratária em pacientes pediátricos. A dose
total chegou a 4,8 mg em 6 horas e 10 mg em um período de 24
horas.

Cinquenta pacientes tiveram suas contrações uterinas controladas
eficazmente e o prolongamento da gravidez quando tratadas com
infusão continua por via subcutânea na dose de 0,05 mg/hora de
terbutalina. Para controlar o aumento periódico nas contrações, um
bolus de 250 mcg foi administrado regularmente. Quarenta e
quatro pacientes tiveram a gestação continuada com mais de 36
semanas; 4 tiveram o parto entre 35 e 36 semanas. O prolongamento
da gravidez desde o início da terapia com terbutalina via
subcutânea foi de 6,6 semanas. Cerca de 78% chegaram bem a
enfermaria e a média de estadia foi de 2,13 dias.

A terbutalina mostra-se segura quando administrada por via
endovenosa na dose de 1 a 5 mcg/kg/min em crianças com asma aguda
severa, nos parâmetros de frequência cardíaca, pressão arterial e
eletrólitos sanguíneos.

Estudo detectou 98% de sucesso no uso de terbutalina como
relaxante uterino em trabalho de parto prematuro, sendo segura e
eficaz na dose de 0,25 mcg.

Características farmacológicas

Farmacodinâmica

A terbutalina é uma amina simpatomimética sintética que tem o
nome químico sulfato álcool
alfa-((terc-butilamino)metil)-3,5-dihidrobenzil. Estruturalmente, a
terbutalina é diferente da epinefrina, isoproterenol e isoetarina,
pois apresenta um grupo butil terciário no átomo de
nitrogênio. Este grupo aparentemente evita a ativação da monoamino
oxidase que ocorre com os outros medicamentos.

Além disso, essa substituição permite uma duração maior do
efeito (4 a 5 horas) e apresenta maior efeito brônquico do que
efeitos cardíacos.

A terbutalina é um agonista adrenérgico que estimula
predominantemente os receptores beta-2, produzindo relaxamento do
músculo liso bronquial, inibição do edema causado por mediadores
endógenos, aumento do movimento mucociliar e relaxamento do músculo
uterino.

Acredita-se que os efeitos farmacológicos de todos os agonistas
beta-adrenérgicos são causados pela ativação da adenil ciclase que
catalisa a conversão de ATP para AMP-cíclico. O AMP-cíclico causa
um leve relaxamento muscular.

A terbutalina tem sido largamente usada por muitos anos para
promover alívio do broncoespasmo, sem identificação de qualquer
área de preocupação.

Farmacocinética

Absorção

Após a injeção subcutânea, o efeito broncodilatador se inicia
dentro de 5 a 15 minutos e o efeito máximo é alcançado dentro de
30 minutos.

Metabolismo e excreção

A terbutalina é metabolizada principalmente por conjugação com
ácido sulfúrico e excretada como sulfato conjugado, não sendo
formados metabólitos ativos. A meia-vida plasmática é de
aproximadamente 16 horas. Após a administração endovenosa ou
subcutânea, 90% da terbutalina é excretada pelos rins em 48-96
horas, sendo 60% de terbutalina não metabolizada. O maior efeito
tóxico da terbutalina é igual ou menos acentuado do que aqueles de
outros agonistas beta-receptores.

Cuidados de Armazenamento do Sulfato de Terbutalina –
Medley

Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15 e
30ºC).

Prazo de validade: 24 meses a partir da data de
fabricação impressa na embalagem externa do produto.

Não tome medicamentos com o prazo de validade vencido.

Dizeres Legais do Sulfato de Terbutalina –
Medley

MS – 1.0181.0389.

Farm. Resp.:
Dra. Miriam Onoda Fujisawa.
CRF-SP nº 10.640.

Medley S.A. Indústria Farmacêutica.
Rua Macedo Costa, 55 – Campinas – SP.
CNPJ 50.929.710/0001-79 – Indústria Brasileira.

Data de fabricação, prazo de validade e nº do lote: vide
cartucho.

Sulfato-De-Terbutalina-Medley, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Sulfato De Terbutalina Medley Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #12781
    Anônimo
    Convidado

    Sulfato De Terbutalina Medley Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Sulfato De Terbutalina Medley Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top