Etambutol Solucao Oral Furp Bula

Etambutol Solução Oral FURP

Como o Etambutol Solução Oral – FURP
funciona?


Etambutol – FURP 25 mg/mL solução oral contém etambutol que é
uma substância ativa contra o microorganismo que causa a
tuberculose. Deve ser usado sempre em associação com outros
medicamentos contra esta doença. Embora ocorra melhora em poucas
semanas, o tratamento não deve ser interrompido sem orientação
médica. A interrupção inadequada no uso do produto pode causar
resistência do agente causador da tuberculose e falha no
tratamento.

Contraindicação do Etambutol Solução Oral –
FURP

O etambutol não deve ser usado em crianças com menos de seis
anos de idade, nos casos de hipersensibilidade (alergia) a este
medicamento ou a outros componentes do produto e também nos
pacientes que tem neurite óptica que é uma doença relacionada à
visão.

Como usar o Etambutol Solução Oral – FURP

Em geral a dose diária deve ser ingerida de manhã, antes ou
depois da alimentação e é prático dá-la juntamente com outros
medicamentos contra a tuberculose.

As doses devem ser administradas todos os dias até o término do
tratamento. Caso houver o esquecimento de uma dose, ela deve ser
tomada assim que possível. Entretanto, se faltar pouco tempo para a
próxima dose, não tome em dobro a dose recomendada pelo seu
médico.

Continue tomando nos mesmos horários. Se houver esquecimento de
duas ou mais doses, o médico deve ser avisado.

Não utilize etambutol isoladamente. Administrar o
fármaco uma vez ao dia.

Posologia do Etambutol Solução Oral –
FURP


Para crianças com mais de seis anos de
idade

  • Até 25 kg, usa-se a dose de 25 mg/kg/dia.
  • Entre 25 e 35 kg, a dose é de 600 mg/dia.

Para adultos, entre 35 kg e 45 kg, usa-se a dose de 800 mg ao
dia. Adultos com mais de 45 kg devem receber 1200 mg ao dia.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu
médico. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Precauções do Etambutol Solução Oral – FURP

Se você apresenta problemas oculares, é necessária uma avaliação
médica cuidadosa antes de usar este produto.

O etambutol nunca deve ser usado de forma isolada, isto é, sem
outros medicamentos contra a tuberculose. Devem ser feitos testes
de visão (incluindo capacidade de enxergar e de identificar as
cores) antes do início e durante o uso de etambutol.

Se aparecerem alterações em sua visão durante o uso, informe seu
médico. Em grávidas, pacientes idosos e naqueles que tem
insuficiência renal, pode ser preciso ajustar as doses. Tais
efeitos são, geralmente, reversíveis quando é suspensa
imediatamente a administração do medicamento.

A duração do tratamento pode-se prolongar por vários meses e não
se deve interrompê-lo sem orientação médica.

É necessária uma avaliação periódica das funções renal, hepática
e do sangue em tratamentos prolongados.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento
de reações indesejáveis.

Reações Adversas do Etambutol Solução Oral –
FURP

O etambutol é geralmente bem tolerado. O efeito indesejável mais
comum é a redução da capacidade visual que depende das doses e da
duração do tratamento. Manifesta-se pela dificuldade em diferenciar
cores (vermelho e verde). Pode ocorrer em um ou nos dois olhos e
quase sempre é reversível. Outras manifestações menos frequentes
são coceira, dor nas juntas, desconforto ou dor abdominal,
mal-estar, dor de cabeça, vertigens e confusão mental.

Podem surgir distúrbios da sensibilidade e formigamento nos
dedos e trombocitopenia (diminuição do número de plaquetas no
sangue). A diminuição na eliminação de ácido úrico é comum,
independe da duração do tratamento e pode provocar crise aguda de
gota.

Raramente, pode ocorrer hipersensibilidade (alergia).

População Especial do Etambutol Solução Oral –
FURP

Uso na gravidez

Não utilizar este medicamento sem orientação médica. Este
produto tem sido usado em grávidas, mas, nesta eventualidade, é
indispensável a indicação e seguimento pelo médico.

Uso na amamentação

Não utilizar este medicamento sem orientação médica. Este
produto tem sido usado em mães que amamentam, mas nesta
eventualidade, é indispensável a indicação e seguimento pelo
médico.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas ou que estejam amamentando sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Crianças

Este medicamento é contra-indicado na faixa etária de
crianças com menos de 6 anos de idade.

Composição do Etambutol Solução Oral – FURP

Cada mL da solução oral contém:

Dicloridrato de etambutol

25 mg

Veículo* qsp

1 mL

*Ciclamato de sódio; ácido cítrico; citrato de sódio
di-hidratado; metilparabeno; propilparabeno; sorbitol 70%; essência
de tutti-frutti; água deionizada.

Apresentação do Etambutol Solução Oral –
FURP


Solução oral. Frasco com 200 mL de solução oral na concentração
de 25 mg/mL.

Uso oral.

Uso adulto e para crianças acima de 6 anos.

Superdosagem do Etambutol Solução Oral – FURP

Não há relatos. Se houver ingestão de doses muito elevadas,
podem surgir manifestações descritas nas reações adversas. Não se
conhece antídoto específico. Deve-se encaminhar o paciente para
atendimento médico de urgência. Se possível, leve o produto e/ou
embalagem ao local de atendimento.

Interação Medicamentosa do Etambutol Solução Oral –
FURP

Não use etambutol juntamente com sais de alumínio que podem
dificultar o aproveitamento do etambutol. Dê um intervalo de várias
horas entre as administrações.

Interações com alimentos

Não são conhecidas.

Interações com testes de laboratório

Não são conhecidas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está
fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico.
pode ser perigoso para a sua saúde.

Interação Alimentícia do Etambutol Solução Oral – FURP

Não são conhecidas.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Etambutol –
FURP.

Ação da Substância Etambutol Solução Oral – FURP

Resultados de Eficácia


O Dicloridrato de Etambutol (substância ativa) é um agente de
primeira escolha no tratamento da tuberculose pulmonar e
extrapulmonar associado a outros fármacos. O uso do Dicloridrato de
Etambutol (substância ativa) como monoterapia produz oaparecimento
rápido de cepas resistentes de M. tuberculosis.

Também é utilizado no tratamento de infecções oportunistas
causadas por micobactérias.

O Dicloridrato de Etambutol (substância ativa) reduziu a
incidência de resistência das micobactérias à isoniazida quando
utilizado concomitantemente.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Etambutol –
FURP.

Características Farmacológicas


Dicloridrato de Etambutol (substância ativa) 400 mg (comprimido
revestido) e Dicloridrato de Etambutol (substância ativa) 25 mg/mL
(solução oral) contém Dicloridrato de Etambutol (substância
ativa) que é uma substância ativa contra o Mycobacterium
tuberculosis
e M. kansasii.

Farmacocinética

Cerca de 75% a 80% de uma dose oral é absorvida no trato
gastrintestinal, sendo o restante eliminado inalterado nas fezes. A
absorção não é prejudicada de modo significante pela presença de
alimentos. O pico de concentração sanguínea do fármaco após dose
oral única de 15 a 25 mg de 2-5 mcg/mL ocorre duas horas a quatro
horas após a administração. O Dicloridrato de Etambutol (substância
ativa) é amplamente distribuído pelos tecidos, incluindo pulmão,
rins e eritrócitos. Ocorre difusão para o sistema nervoso central
na inflamação meníngea. O Dicloridrato de Etambutol (substância
ativa) é parcialmente metabolizado no fígado, formando metabólitos
inativos de excreção renal. Os níveis séricos são similares após
dose prolongada. Sua meia-vida é de três horas a quatro horas. Há
acúmulo do fármaco nos eritrócitos e, desse modo, pode retornar ao
sangue. A excreção principal é renal, tanto glomerular como
tubular, e dois terços do total ingerido são eliminados na urina em
24 horas.

As concentrações no líquido cerebroespinhal podem atingir 0% a
50% das concentrações simultâneas na presença de inflamação
meníngea. Aproximadamente 50% da droga inalterada é excretada na
urina, 8 – 15% como metabólitos e 20 a 25% inalterado nas
fezes.

Farmacodinâmica

Possui ação bacteriostática (atua na síntese protéica
bacteriana) em concentrações de 0,5 a 8 mcg/mL e ação bactericida
em maiores concentrações. Deve ser usado sempre em associação com
outros medicamentos contra esta doença.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Etambutol –
FURP.

Cuidados de Armazenamento do Etambutol Solução Oral –
FURP

Conserve a solução oral em temperatura ambiente (entre 15°C e
30°C), protegida da luz.

Depois de aberto conserve o frasco bem fechado na mesma
condição.

Prazo de validade: 24 meses.

Aspecto físico

Solução límpida, incolor a levemente amarelada.

Características organolépticas

Solução adocicada e odor de tutti-frutti.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Etambutol Solução Oral –
FURP

MS – 1.1039.0102

Farm. Responsável:

Dr. Adivar Aparecido Cristina
CRF-SP nº 10.714

Fundação para o Remédio Popular – FURP

Governo do Estado de São Paulo
Rua Endres, 35 – Guarulhos – SP
CNPJ 43.640.754/0001-19 – Indústria Brasileira

Dispensação sob prescrição médica.

Só pode ser dispensado com retenção da
receita.

Proibida a venda no comércio.

Etambutol-Solucao-Oral-Furp, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Etambutol Solucao Oral Furp Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #5841
    Anônimo
    Convidado

    Etambutol Solucao Oral Furp Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Etambutol Solucao Oral Furp Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top