Clifemin Bula

Clifemin

Como o Clifemin funciona? 


Clifemin atua amenizando os sintomas da pré e
pós-menopausa. O efeito terapêutico geralmente é mais nítido após
duas semanas de uso do medicamento, apresentando o efeito máximo
dentro de oito semanas.

Contraindicação do Clifemin

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a
qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do
produto.

Este medicamento é contraindicado durante a gravidez por
promover o fluxo menstrual e ter efeito estimulante
uterino.

Como usar o Clifemin

Uso oral / Uso interno.

Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros e com uma quantidade
suficiente de água para que possam ser deglutidos.

Posologia do Clifemin


Ingerir um comprimido, via oral, uma vez ao dia.

A dose diária não deve ultrapassar a um comprimido ao dia.

Assim como para tratamentos de reposição hormonal, a paciente
deve procurar seu médico a cada seis meses antes de continuar o
tratamento.

Utilizar apenas a via oral. O uso deste medicamento por outra
via, que não a oral, pode causar a perda do efeito esperado ou
mesmo promover danos ao seu usuário.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os
horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu
médico.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou
mastigado.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o
Clifemin?


Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste
medicamento, retomar a posologia prescrita sem a necessidade de
suplementação.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções do Clifemin

  • Há um relato de hepatite necrosante ocorrido após a tomada de
    um produto à base de cimicífuga por uma semana, portanto este
    medicamento deve ser administrado com cuidado a pacientes com
    insuficiência hepática grave;
  • Pessoas alérgicas a salicilatos devem utilizar este medicamento
    com cuidado, pois produtos à base de cimicífuga contêm pequenas
    quantidades de ácido salicílico;
  • Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se
    descontinuar o uso e consultar o médico;
  • Em casos de distúrbio na intensidade e frequência da
    menstruação e persistência ou surgimento de novos sintomas,
    procurar orientação médica, uma vez que podem estar envolvidos
    distúrbios que precisam ser diagnosticados.

Reações Adversas do Clifemin

Este medicamento pode causar distúrbios gastrointestinais, dor
de cabeça, peso nas pernas e tontura.

O paciente que utiliza extrato de cimicífuga deve estar atento
ao desenvolvimento de sinais e sintomas sugestivos de deficiência
do fígado, tais como cansaço, perda de apetite, amarelamento da
pele e dos olhos ou dor severa na parte superior do estômago com
náusea e vômito ou urina escurecida. Neste caso, deve-se procurar
imediatamente assistência médica e, até que isso não aconteça,
suspender o uso do produto.

Assim como para tratamentos de reposição hormonal, deve-se
manter avaliação médica a cada seis meses.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou
farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do
medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de
atendimento.

População Especial do Clifemin

Crianças

Este medicamento deve ser evitado por menores de 12 anos
de idade e durante a lactação devido à falta de estudos
disponíveis.

Composição do Clifemin

Apresentações

Comprimidos revestidos

Extrato seco dos rizomas de Actaea racemosa 160 mg – Embalagem
com 15 ou 30 comprimidos cada.

Via oral.

Uso adulto.

Composição

Cada comprimido contém

Extrato seco de Actaea
racemosa L. padronizado em 2,5% de glicosídeos triterpênicos
expressos em 23-epi-26-desoxiacteína

160 mg*

Excipientes**

1 comprimido

*Equivalente a 4 mg de glicosídeos triterpênicos expressos em
23-epi-26-desoxiacteína por comprimido.
**Celulose microcristalina, talco, hipromelose e polietilenoglicol,
dióxido de titânio, croscarmelose sódica, estearato de magnésio,
dióxido de silício, etilcelulose, Damp;C amarelo quinoleína,
macrogol e FDamp;C azul brilhante.

Superdosagem do Clifemin

Não há relatos de intoxicações por superdosagem na literatura.
Pode causar vertigens, dor de cabeça, náusea, vômito, desajuste na
visão e hipotensão.

Em caso de superdosagem, suspender o uso e procurar orientação
médica de imediato.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais
orientações.

Interação Medicamentosa do Clifemin

Este medicamento pode potencializar o efeito de medicamentos
anti-hipertensivos.

Uma vez que extratos de cimicífuga (Actaea racemosa)
podem intensifcar alguns efeitos estrogênicos, este medicamento só
deve ser usado junto com suplementos hormonais (estrogênio) sob
estrita supervisão médica.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo
uso de algum outro medicamento.

Interações podem ocorrer entre medicamentos e plantas
medicinais e mesmo entre duas plantas medicinais administradas ao
mesmo tempo.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico.
Pode ser perigoso para a sua saúde.

Informe ao profssional de saúde todas as plantas
medicinais, ftoterápicos e outros medicamentos que estiver
tomando.

Cuidados de Armazenamento do Clifemin

Clifemin deve ser conservado em temperatura ambiente (entre
15 e 30ºC) em sua embalagem original. Proteger da luz e da
umidade.

Prazo de validade: 24 meses após a data de fabricação
impressa no cartucho.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide
embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas

Comprimidos de cor verde clara.

Características organolépticas

Cheiro (odor) característico e praticamente não apresenta
sabor.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso
ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no
aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá
utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Clifemin

Reg. MS: 1.1860.0007

Farmacêutica resp.:

Gislaine B. Gutierrez
CRF-PR nº 12423

Fabricado e Distribuído por:

Herbarium Laboratório Botânico Ltda.
Av. Santos Dumont, 1100
Colombo – PR
CNPJ 78.950.011/0001-20
Indústria Brasileira

Venda sob prescrição médica.

Clifemin, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Remédio Para Fóruns Bulas de Medicamentos Clifemin Bula

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #3229
    Anônimo
    Convidado

    Clifemin Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Clifemin Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top