Calamyn Bula

Calamyn

Como o Calamyn funciona?


Calamyn® é um medicamento que contém substâncias com
propriedade antialérgica, analgésica, adstringente e protetora
dermatológica da pele. Reduz a sensação de coceira, irritação e
ardor. O medicamento começa agir logo após sua aplicação sobre a
pele.

Contraindicação do Calamyn

Este medicamento é contraindicado em pacientes com
hipersensibilidade à calamina ou a qualquer outro componente da
fórmula.

Você não deve usar Calamyn® se tiver alergia a
qualquer componente de sua fórmula; sobre bolhas, feridas ou áreas
cutâneas com secreção; ou em feridas de varicela (catapora) ou
sarampo, exceto sob orientação médica.

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças
menores de 2 anos.

Como usar o Calamyn

Via de administração exclusivamente dermatológica.

Lave a área afetada com água e sabão, seque bem antes de cada
aplicação. A quantidade da loção deve ser adequada à extensão da
área cutânea afetada. As aplicações devem ser feitas 3 a 4 vezes ao
dia, por no máximo 7 dias. A duração do tratamento deve ser
adequada à intensidade e duração dos sintomas.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvida
sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não
desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou
cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar
o Calamyn?


Se você se esquecer de aplicar o medicamento, caso ainda haja
necessidade, faça assim que se lembrar e então ajuste o horário das
próximas aplicações. Não use a loção em dobro para compensar a
aplicação esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico
ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções do Calamyn

Calamyn® não deve ser utilizado em áreas extensas da
pele ou por mais de 7 dias, exceto sob orientação médica.

Após a aplicação você deve evitar a exposição ao sol, devido à
possível reação do medicamento com a luz solar. Neste caso, a área
afetada pode piorar.

O medicamento é contraindicado para crianças menores de 2 anos e
no caso de hipersensibilidade a quaisquer componentes da
fórmula.

É destinado somente para uso dermatológico devendo ser utilizado
com cuidado na área próxima aos olhos, evitando seu contato com os
olhos ou outras membranas mucosas (por exemplo, boca ou nariz).

Não utilizar Calamyn® se a pele apresentar lesões,
tais como: feridas, bolhas, etc.

Calamyn® não deve ser utilizado em varicela ou
sarampo, exceto sob orientação médica.

Se ocorrer erupções na pele e sensação de queimação ou reações
indesejáveis que possam ser eventualmente atribuídas ao tratamento,
suspenda o medicamento, lave a área com água e sabão e comunique ao
médico.

Reações Adversas do Calamyn

A reação adversa mais frequente é a sensação de queimação ou
rash cutâneo. Outras reações adversas que podem ocorrer
são: dermatite de contato, reações fotoalérgicas e eczemas. Também
podem ocorrer sintomas anticolinérgicos, tais como: secura na boca,
insônia, tremores e/ou irritabilidade.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou
farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do
medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de
atendimento.

População Especial do Calamyn

Gravidez

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres
grávidas sem orientação médica ou do
cirurgião-dentista.

Riscos do Calamyn

Não use este medicamento em crianças menores de dois
anos.

Composição do Calamyn

Cada mL da loção contém:

Calamina

80,0mg

Cânfora

1,0mg

Cloridrado de difenidramina

10,0mg

Veículo q.s.p

1mL

Excipientes:

 metilparabeno, propilparabeno, álcool etílico, álcool
cetoestearílico, estearato de sorbitana, petrolato líquido,
propilenoglicol, butil-hidroxitolueno, hietelose, silicona,
glicerol, essência quality e água.

Apresentação do Calamyn


Loção

Embalagem contendo 1 frasco com 120mL.

Via de administração: dermatológica.

Uso adulto e pediátrico acima de 2 anos.

Superdosagem do Calamyn

Caso aplique quantidades superiores ao indicado, lave com água
limpa a área com excesso. Por ter ação na pele, os componentes de
Calamyn® são poucos absorvidos, e por esta razão os
riscos de reações cutâneas podem ser potencializados caso haja
aplicação de grandes quantidades.

Os sintomas decorrentes de superdose de
Calamyn® são variados, podendo incluir:

Zumbido no ouvido, alucinações, nervosismo, agitação, falta de
coordenação muscular, secura na boca, constipação, retenção
urinária, pupilas fixas e dilatadas, vermelhidão na face e febre
(principalmente em crianças).

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento,
procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do
medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você
precisar de mais orientações.

Interação Medicamentosa do Calamyn

Você não deve usar outro medicamento contendo difenidramina
enquanto estiver utilizando Calamyn®.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está
fazendo uso de algum outro medicamento.

Ação da Substância Calamyn

Resultados de Eficácia

Os princípios ativos cloridrato de difenidramina, calamina e
cânfora são substâncias consideradas de uso e eficácia consagrados
nas indicações propostas para o produto cloridrato de difenidramina
+ calamina + cânfora.

Na literatura está documentado que a difenidramina é um
anti-histamínico responsável pelo alívio dos sintomas alérgicos na
pele. Esta substância confere ao produto características de um
antipruriginoso, alivia os sintomas provocados pelas picadas de
insetos, irritação causada por plantas, e também alivia o ardor e
urticária causados por queimadura solar ou outras irritações da
pele de pequena intensidade.

Em um estudo foi demonstrado histológica e bioquimicamente que a
reação induzida por raio ultravioleta (eritema) é mediada pela
histamina, que então foi considerada mediadora da primeira fase da
queimadura solar em humanos.

 A eficácia e segurança de um inibidor competitivo da
histamina nos receptores H1 (dimetindeno) na redução da dor causada
pela queimadura solar foi demonstrada através de estudo piloto com
24 voluntários sadios que se submeteram à radiação ultravioleta
para desenvolvimento de queimadura solar. O estudo demonstrou uma
diferença estatisticamente significativa para o alívio dos sintomas
nos pacientes tratados com a substância ativa em relação aos
tratados com placebo.

A segurança e eficácia da difenidramina como anti-histamínico H1
estão bem estabelecidas. Além disso, nos casos de urticária
solar, que é uma reação de hipersensibilidade imediata mediada por
histamina, o tratamento mais eficaz é a administração de um
anti-histamínico.

 O papel da histamina, de acordo com as evidências
clínicas, parece ser definitivo no aparecimento de vários dos
sintomas desagradáveis provocados pela queimadura solar, o que
justifica a presença do anti-histamínico difenidramina na
formulação de cloridrato de difenidramina + calamina + cânfora.

A cânfora aplicada externamente atua como analgésico e contra a
irritação sendo classificada como um agente termal, e é indicada
principalmente em casos de sensação de calor em regiões da pele,
aquecimento do local (sensory warming).

Além disso, ela também pode agir em aplicações externas como um
analgésico leve. Por essas propriedades, tem sido utilizada em
queimadura solar.

A calamina é uma mistura de óxido de zinco com óxido férrico
atuando como adstringente suave e proporcionando alívio do prurido,
sendo também recomendada em queimadura solar.

Concluindo, os dados da literatura demonstram que a
difenidramina, calamina e cânfora são substâncias de uso tópico
dermatológico tradicional de escolha contra os sinais e sintomas
característicos de irritação, inflamação, dor e ardor da queimadura
solar e de outras origens e também contra o prurido causado por
picadas de insetos.

Características Farmacológicas

Calamina + Cânfora + Difenidramina (substância ativa) é uma
combinação de cloridrato de difenidramina, calamina e cânfora, que
começa a agir logo após a aplicação sobre a pele.

Farmacodinâmica

Por ser um anti-histamínico que atua competitivamente
antagonizando a histamina no receptor do tipo histamínico H1, a
difenidramina é responsável pelo alívio dos sintomas alérgicos na
pele. A cânfora aplicada externamente tem ação analgésica atuando
contra a irritação, deixando uma coloração avermelhada no local de
aplicação. A calamina é uma mistura de óxido de zinco, óxido
férrico amarelo e óxido férrico vermelho, com propriedade
adstringente e protetora tópica, sendo indicada em irritações leves
da pele.

Farmacocinética

A difenidramina é pouco absorvida pela pele íntegra. Contudo,
sistemicamente, apresenta características farmacológicas com
meia-vida de eliminação de 4 – 8 horas, importante ligação
protéica, metabolização hepática e excreção renal.

Embora possa ocorrer alguma absorção transdérmica de
anti-histamínicos, estes não são absorvidos em quantidades
suficientes para produzir efeitos colaterais sistêmicos.

A cânfora é facilmente absorvida por todas as vias de
administração. É metabolizada no fígado, excretada na urina e
atravessa a barreira placentária.

Em preparações de uso externo, a concentração de cânfora não
deve exceder 11% da fórmula. Na composição do creme a quantidade de
cânfora equivale a 0,1% da formulação.

Cuidados de Armazenamento do Calamyn

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da
luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide
embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Calamyn® apresenta-se como creme de cor rosa,
homogêneo e isento de grumos.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso
ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no
aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá
utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das
crianças.

Dizeres Legais do Calamyn

Registro M.S. nº 1.5584.0134

Farm. Responsável:

Rodrigo Molinari Elias
CRF-GO nº 3.234

Registrado por:

Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.
VPR 3 – Quadra 2- C – Módulo 01- B – Daia
Anápolis – GO
CEP 75132-015
C.N.P.J.: 05.161.069/0001-10
Indústria Brasileira

Fabricado por:

Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.
VPR 1 – Quadra 2- A – Módulo 4 – Daia
Anápolis – GO
CEP 75132-020

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os
sintomas procure orientação médica.

Calamyn, Bula extraída manualmente da Anvisa.

Remedio Para – Indice de Bulas A-Z.

Compartilhe esta página!

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #2257
    Anônimo
    Convidado

    Calamyn Bula

    Compartilhe suas experiências sobre este medicamento com outros usuários.
      • Utilizou este Remédio para?
      • Efeitos colaterais.
      • Resultados.
      • Indicações, sugestões e dicas!
    Acessar a Bula do medicamento.
    Calamyn Bula Completa extraída da Anvisa
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Scroll to top